quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Auto da Barca do Inferno

O “Auto da Barca do Inferno”

O texto Auto da Barca do Inferno foi representado, pela primeira vez, em 1517, na câmara da rainha D. Leonor, a qual se encontrava doente.

As personagens do Auto da Barca do Inferno são: o Anjo (arrais do Céu), Diabo, (arrais do Inferno), Companheiro do Diabo, Quatro Cavaleiros, Enforcado, Procurador, Corregedor, Judeu, Brízida Vaz (alcoviteira), Frade, Sapateiro, Parvo, Onzeneiro e Fidalgo.

O Anjo e o Diabo são personagens alegóricas. As restantes personagens personificam classes sociais e comportamentos típicos, sendo, por isso, consideradas “personagens-tipo”.


Argumento do Auto

O auto representa o julgamento das almas humanas na hora da morte.

No porto estão dois arrais, um conduz à Barca da Glória e outro à Barca do Inferno, por onde vão passar diversas almas que terão de enfrentar uma espécie de tribunal, defender-se e enfrentar os argumentos do Anjo e do Diabo que surgem como advogados de acusação.

Através da brilhante metáfora do tribunal, Gil Vicente põe a nu os vícios das diversas ordens sociais e denuncia a “podridão” da sociedade. Assim, a grande maioria das almas são condenadas ao Inferno. Joane fica no cais junto à Barca do Anjo, porque não é responsável pelos seus actos, fica, então, à espera que surja mais alguém que possa ter o mesmo destino. O Judeu vai a reboque da barca porque, não se identificando com a religião católica, não tenta embarcar na Barca da Glória e é recusado pelo Diabo.

Apenas os Quatro Cavaleiros vão embarcar directamente na Barca da Glória, porque se entregaram em vida aos ideais do Cristianismo na luta contra os mouros. Ao definir este percurso para cada uma das almas, Gil Vicente tinha por certo o objectivo de fazer desta obra alegórica um auto de moralidade, através do qual o Bem fosse compensado e o Mal castigado.


Passatempo


Neste quadro estão escondidas 16 palavras relacionadas com o mundo do teatro. Encontra-as.


J L P N U M O F K U A C T O R

X O E Q O M Z V C V U O F E W

K S X S R X K T O E T D O T M

E D J H P J V I P O N T O N X

N M Y N T E C V B L W A W E O

C V W R B P C Z Y K C H R C N

E H D R A M A T U R G O S I T

N G S K S Y M U A K M P Y V Q

A K A C T O A V K D T G S G O

Ç B D P I F R I Z C O W E I C

à S T P D T I J V A L R I L E

O W A C O Q M Z C O N T R A N

B A D E R E C I S T A O T C A

R Z F A E D U E Ç I S T R L A

L U Z K S M A D E R E Ç O P L





A Mena na cozinha


Delícia de soja com legumes


1 cebola

1 dente de alho

1 cenoura

1/4 de pimento amarelo

1/4 de pimento verde

1/4 de pimento vermelho
1/4 de pimento laranja
2 tomates maduros
azeite
2 dl de caldo de carne
1 dl de vinho branco
sal
pimenta
salsa
2 chávenas de granulado de soja
1 beringela grande
queijo ralado


Corte a cebola e o alho às rodelas e leve ao lume com um pouco de azeite.
Rale uma cenoura e adicione.

Corte os pimentos às tiras e adicione ao preparado juntamente com um raminho de salsa.
Vá mexendo.

Corte os tomates aos pedaços e junte. Deixe refogar um pouco.

Adicione o vinho branco e o caldo de carne e deixe cozinhar.

Quando os legumes estiverem quase cozidos, junte a soja bem espremida (não se esqueça de a pôr de molho por 30 minutos). Deixe cozinhar. Tempere com sal e pimenta.

Num pirex untado com azeite, ponha uma camada de beringela às rodelas. Por cima, deite parte do preparado de soja com legumes.

Vá fazendo camadas e termine com uma camada de legumes com soja.


Polvilhe com queijo ralado e leve ao forno por 20 / 30 minutos.

Sirva quente. Bom apetite!





Trabalhinhos:

Este trabalho foi feito pela minha mãe. Ficou lindo em cima da minha cómoda!

Colar em trapilho castanho com pregadeira em Fimo com pintura bronze e tratamento de envelhecimento



11 comentários:

Sonia Facion disse...

Oi Mena, muito interessante esse colar.
Sua mãe faz um lindo trabalho em croche, parece uma renda.
Bjknhas

Sonia

artes_romao disse...

Bom dia,td bem?
um post muito giro,ainda bem k ja dicidiram logo de inicio um nome p esta comida,lol...
em relaçao aos trabalhos estao lindissmos...n tenho palavras...
fika bem,jinhos***

Cor de Mel disse...

Olá Mena,
Auto da Barca do Inferno, confesso que quando estudei, não gostei nada, mas hoje, consegui olhar para esta sua descrição com outros olhos.
Adorei os vídeos e a receita já sabe, é mais uma a experimentar e que vai ser sucesso garantido, tenho a certeza!
Adorei o trabalho feito pela sua mãe e o colar, acho-o simplesmente maravilhoso e lindo!!
Beijinhos para si e resto de óptima semana,
Lia.

Dulce disse...

Olá Mena,
esqueci-me de te agradecer o miminho, já lá está, mas esta semana ando meia doida e até me esqueço de comentar.
Gostomuito hoje da tua receita, esta eu vou copiar para fazer, assim já me podes adoptar, ihihihih...e o Auto da Barca do Inferno, foi deveras infernoso quando o estudei, mas lá consegui.
Beijinhos querida.
Dulce

Chocolate disse...

muito giros os trabalhos! beijinhos

Themis disse...

Que hermosos trabajos!
Que tengas un lindo fin de semana!
Cariños

Bijuterias D'encantar disse...

Tudo espetacular :)

beijinhos e um óptimo fim de semana

Chocolate disse...

ola querida! beijinhos e bom fim de semana!

Dulce disse...

Excelente fim de semana para ti.
Beijinhos
Dulce

Sonia Facion disse...

Bom fim de semana, Mena!!!

Sonia

mfc disse...

Definitivamente tenho que repensar as receitas cá de casa!