quarta-feira, 9 de setembro de 2009

O prato de faiança



O prato de faiança


Tive aqui em casa, este Verão, uma empresa de limpezas, composta por três pessoas (empresa familiar). Fizeram-me toda a limpeza da casa e admiraram algumas da minhas velharias, principalmente os pratos dispostos aqui e ali, nas paredes, nos escaparates, em cima dos móveis… O senhor disse-me que era um grande apreciador de antiguidades e que também tinha uma série de pratos antigos em sua casa e que ia expô-los também numa parede da sala de jantar (como eu tenho!) ou na cozinha. Falámos das várias fábricas onde tinham sido fabricados os pratos e restante louça da minha colecção, disse-lhe que adquirira algumas peças em casas de antiguidades, feiras… Mas muitos pratos, pratinhos, bules, chávenas, terrinas e travessas foram-me oferecidos…

No último dia das limpezas, na hora do pagamento e da despedida, o senhor convidou-me a visitar a sua colecção de pratos. Que aparecesse, depois das férias!

Nunca mais me lembrei do convite e não estava nada a fazer conta de ir ver a sua exposição! Mas, ontem, fui dar um passeio e passei, sem saber, à porta do tal senhor. Ele reconheceu o carro e começou a acenar, a minha filha disse: “Acho que conheço aquele homem e ele está a chamar-nos!”

Olhei pelo espelho, reconheci-o imediatamente e pensei “mas o que é que ele quer?”

Já estão a ver o que ele queria! Que entrasse, que fosse ver os seus pratos, que já estavam dispostos na parede, que a parede estava linda…

Disse-lhe que estava com pressa e que ficava para uma próxima vez e ele que não, que não me demorava nada…

Enfim, lá fiz a vontade ao homem e entrámos. Levou-nos à casa de jantar e apontou para a parede. Era uma parede enorme cor de salmão repleta de pratos de todas as cores e feitios…

Mas o meu olhar fixou-se num prato de faiança que dizia: “Na casa manda ela, mas nela mando eu”. Fiquei momentaneamente a pensar que tipo de troglodita teria inventado tal frase! Que mau gosto! Esta frase machista e com cheiro a bafio estava, para meu desgosto, ali, na parede, em lugar de destaque. Será brincadeira? O homem nem é tão velho assim! O que faz um prato destes, aqui, ao lado dos da Fábrica de Sacavém? Ele apercebeu-se da minha perplexidade e riu-se. Que era bom que a mulher não se esquecesse do seu papel ali em casa, disse sorrindo. Eu senti vontade de vomitar!

O tempo em que as mulheres tomavam conta das casas, decorando-as e decidindo sobre o quotidiano doméstico já passou há muito! Este mesmo tempo em que as mulheres esperavam submissas, em casa, pelo marido, com um copo de uma qualquer bebida numa mão e os chinelos quentinhos e confortáveis na outra, asseguro-vos que também já passou à história! O tempo em que os homens se limitavam a abrir as carteiras e a consentir esta ou aquela compra também já acabou! Pensava eu que, apesar de não vivermos num paraíso de igualdade, as mentalidades tinham evoluído!

Antigamente, as mulheres não trabalhavam fora de casa, não auferiam qualquer vencimento. Tinham a seu cargo os afazeres da casa e a educação dos filhos. Os homens tinham a sua profissão, ganhavam para o sustento da família e tomavam as grandes decisões. Há duas ou três gerações não se viam os homens a fazer compras, um homem não conseguia comprar um par de meias sozinho! Um homem não entrava na cozinha! Um homem exigia a mesa posta, roupa lavada e engomada!... Hoje, qualquer homem vai sozinho às compras e decide sobre o seu guarda-roupa, o seu perfume, a decoração da sua casa... As mulheres, por seu lado, trabalham, deixaram de ser gatas borralheiras, ganham o seu dinheiro, são independentes, tomam decisões importantes…

Ora bem, a dicotomia mulher- trata-da-casa/homem-deita-se-no-sofá-quando-chega-a-casa porque é o homem-ganha-dinheiro-da-casa tem os dias contados (pensava eu!). A verdade é que parece ainda normal em muitas casas e para muitos casais que, chegados do trabalho, homem e mulher, seja ela a ir para a cozinha de colher de pau em riste e ele a entrar na sala para se esparramar no sofá de comando apontado à televisão.

Bom, nestas coisas de trabalhos domésticos, há homens que já vão muito “à frente” e que são uns verdadeiros donos de casa, muito aplicados, e outros que se esforçam. Estes últimos são os que dizem: “eu até ajudo em casa, descasco as batatas, faço uns ovos estrelados com bacon, ponho a mesa, ponho a máquina da louça a lavar, vou deitar o lixo no contentor…” E, para meu desgosto e de muitas mulheres, existem aqueles, como o senhor da empresa das limpezas, que guardam na parede e no seu consciente o tal prato…

Ele sorria ao ver a minha perplexidade, os meus olhos suspensos nas letras pretas e douradas do prato e eu com vontade de lhe partir a louça toda na cabeça…




A Mena na cozinha


Espetadas grelhadas


Carne de porco

pimentos verdes

toucinho entremeado

sal

pimenta

alho em pó

piripiri

vinho branco

louro


Corte a em cubos, o toucinho em quadrados finos e o pimento em pedaços do mesmo tamanho dos ingredientes anteriores. Tempere a carne e o toucinho com sal, pimenta, alho moído, uma folha de louro, piripiri e duas colheres de sopa de vinho branco. Deixe a marinar por uma hora. Espete a carne, o toucinho e o pimento em paus de loureiro ou outros (como mostra a imagem).
Leve ao forno a grelhar. Vire de vez em quando para não queimar.


Quando estiverem assadas, sirva as espetadas com batatas fritas e salada.
Bom apetite!


Trabalhinho:

T-shirts


Miminho


Esta menina ofereceu-me este lindo mimo. Obrigada, amiga!
Aqui fica para quem o quiser levar...


Linda história!


15 comentários:

Brunette disse...

Olá Mena!
Adorei a história de enamoramento... Sabem tão bem os primeiros olhares, os sorrisos tímidos, a ansiedade de ver o outro, a expectativa do mútuo conhecimento.
Quanto ao prato de faiança do outro senhor, é melhor esquecer o humor sombrio e preconceituoso da inscrição...
Bjos e bom regresso às aulas!

Maria Cusca disse...

Olá amiga.
Aceitei o convite e cá estou eu.
O churrasco estava delicioso, gosto muito de espetadas.
O trabalhinho fofo como é normal.
O filme uma delicia.
E achas que um prato em cima de algumas cabeças, as faria pensar?????
Pois eu também não.
Jinhos grandes amiga e estou sempre livre para aceitar os teus convites.
Jinhos e continuação de boa semana

Nile e Richard disse...

Oi Nena.
Os pratos são belíssimos,mas os do seu amigo no seu lugar acho que também teria quebrado na cabeça dele.Pena que ainda tem muitos machistas que pensam que estamos no tempo da onça.
Sua história é muito bonita a cozinha me parece formidável.
Os trabalhos maravilhosos.
Levo o mimo que já está postado e deixo para voce está linda estrelinha.
Campanha, SOU SUA FÃ!!!
´´´´´´´´´´´¶
´´´´´´´´´´¶¶
´´´´´´´´´¶¶¶
¶¶¶´´´´´¶¶´¶
´¶¶¶¶¶¶¶¶´´¶
´´´¶¶´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶
´´´´´¶¶´Fô¶¶¶¶
´´´´¶¶´´´´´¶¶¶
´´´¶¶´¶¶¶¶´´¶
´´¶¶¶¶¶´´¶¶´¶´
´¶¶´´´´´´´´¶¶¶´

Tu já ganhaste a tua,
agora vou ver se ganho a minha .
Passa para teus AMIGOS,
e ganha mais Estrelinhas também.
manda-me de volta se for minha Fã
bjtos no coração.Nile.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Ai Mena, como eu queria ser prendada, sabia? Minhas comidas são boazinhas, mas as suas são maravilhosas.

Noite de luz, menina linda.

Rebeca

-

Sabores de Aromas disse...

Olá amiga,Mena,
Aceitei o convite e cá estou eu.
adorei O churrasco estava delicioso,tudo que seja grelhado sou grande apreciadora,espetadas gosto muito.

O trabalhinho, como sempre está lindo, uma perfeição.
O filme,gostei bastante do filme uma história,que acabou bem...

Gostei da tua colecção de pratos
eu também sou fã de antiguidades,tenho uma taça grande que tem mais de 80 anos era da minha avó andava perdida em casa da mãe e trouxe.Tenho uma grande coleção de chávenas,chá cáfe.. pratos só tenho em azul os da da cozinha Inglesa..e os da vista alegre os da margão.Mas tb adoro patos que tenhos muitos :):) em cima do armario da cozinha, os grandes em cantos no chão espalhados pela casa:).

Ainda um destes fim de semana quando fui,passar uns dias a minha casa que tenho perto Alpedrinha,Fundão, mais propriamente em Castelo Novo, a aldeia Histórica, onde tenho uma casa andei a dar volta aos armarios,e lá vieram alguns pratos da fabrica de loiça Sacavém,que ficaram dentro da caixa lá em cima na arecadação.

Tinhamos muito mais que conversar se agente se junta-se Mena:).
Gostei muito do almoço,:) estava óptimo e acima de tudo da nossa conversa.Quando quiseres estou
livre para outro convite.
continuação de boa semana para ti amiga.
bjs
Mary

Abelha Maia disse...

Gostei muito de ler a tua epopeia com esse senhor e do prato que têm essa inscrição, supostamente ultrapassada no tempo, mas que ainda é uma realidade nos dias de hoje,eucostumo dizer isso ao meu marido...hehe.
Tb tenho uns pratos que gosto muito,
a tua parede está linda.
Sai uma espetada.
Lindos trabalhos.
bjsss

Sonia Facion disse...

Oi Mena!!!!

Se criares coragem e voltares a casa daquele machista, quando estiveres quebrando o prato, pense que eu tbm estou a quebrar, hehehe......

"Tem hora que ficar com a boca fechada vale mais que mil palavras."

"Cuidado para não desperdiçar as oportunidades!!!!!"

Gostei do sings!!!

Bjks e tnks pelo selinho.

Sonia

Sonia Facion disse...

Mena tem selinho do blog perfeito para vc n blog de mimos.

Bjks

sonia

Mary disse...

Que belas espetadinhas de xixa, e tão bem acompanhadas!
Ha, e também gosto de Lipton ice Tea!:)

Sabrith disse...

Ola Mena
Acho lindo pratos de faiança... são ricos!
Bem, quanto a frase do prato, se fosse aqui no Brasil, simplesmente iriamos rir e jamais levar em consideração!rsrsr
Esses espetos api me deram apetite...
To levando o selinho e vai lá no Frufrus da Sabrith, pois tem selinhos para as amigas!
Bjokas:D

Chocolate disse...

olá! vim desejar bom fim de semana! as tshirts ficaram um mimo :) beijinhos!

Edilene Pacheco disse...

Vim agradecer o recado carinhoso de felicitações, muito obrigada, você é muito gentil.
Á propósito você também é do mÊs de setembro??

Quanto ao convite para o almoço, jamais recusaria as delicias feita por você. Que fantástica está a mesa!Assentemo-nos por favor.

Que ídeia maravilhosa para colocar os pratos, sua parede está linda. Olha não imaginava que ainda existisse esse nível de machismo, observado por você. Merece ir mesmo ao chão com toda força!!

Este lugar é tão rico que não poderei deixar de vir aqui.

Um maravilhoso fim de semana.

Bjsss

mfc disse...

O troglodita merecia um acacetada, sim senhor!!
E eu, que me porto bem, posso provar as espetadas?!

isabel tiago disse...

Lindo este recanto dos pratos. Eu sou fascinada por velharias e demais. Não tenho casa para tanta coisa. Parte das velharias estão guardadas e também são fruto de muitos anos a herdar.
Mas encantam-me sempre e o meu marido, por força do hábito, habituou-se a gostar sendo ele também a quem oferecem muitas peças. Em meu nome, fica muito contente. Eu gosto da satisfação dele quando, abre a mala do carro e trás lá algum objecto que sabe ser do meu agrado.
Estas espetadas já marchavam....

Gostei desta história dos pratos em casa do tal senhor...Havia antigamente esse tipo de ditos nas loiças mas pelos vistos tinham sucesso...

isabel tiago disse...

Lindo este recanto dos pratos. Eu sou fascinada por velharias e demais. Não tenho casa para tanta coisa. Parte das velharias estão guardadas e também são fruto de muitos anos a herdar.
Mas encantam-me sempre e o meu marido, por força do hábito, habituou-se a gostar sendo ele também a quem oferecem muitas peças. Em meu nome, fica muito contente. Eu gosto da satisfação dele quando, abre a mala do carro e trás lá algum objecto que sabe ser do meu agrado.
Estas espetadas já marchavam....

Gostei desta história dos pratos em casa do tal senhor...Havia antigamente esse tipo de ditos nas loiças mas pelos vistos tinham sucesso...