segunda-feira, 9 de junho de 2008

Dia de Portugal

10 de Junho
Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Luís de Camões

(1524? – 1580)

Foi durante o século XVI que viveu Luís de Camões. Concretamente, com base documental, sabe-se muito pouco da sua história. Pensa-se que terá nascido por volta de 1524. A sua formação académica foi realizada em Coimbra.
A sua vida foi especialmente marcada por duas actividades: as armas, serviu como soldado em Ceuta, por volta de 1549-1551, aí perdendo um olho, e as letras.
Terá sido na Índia que o poeta iniciou a escrita do primeiro canto d’Os Lusíadas.
Mais tarde, em Macau, terá composto mais seis cantos. Conta-se que durante uma viagem para Goa, o barco em que Camões seguia, naufragou e o poeta salvou o seu poema épico, nadando apenas com um braço e erguendo o outro fora da água.
Diz a lenda que nesse naufrágio morreu Dinamene, a companheira oriental do poeta.
Pensa-se que foi em Moçambique que terminou a epopeia, que veio a ser publicada em 1572 com o apoio do rei D. Sebastião. Esta obra é, hoje, mundialmente conhecida e Camões tornou-se o escritor português mais célebre.
Apesar da sua grandiosidade, Camões viveu sempre com muitas dificuldades e desilusões. A sociedade corrompida e decadente em que se inseria nunca o reconheceu. As pessoas do seu tempo não souberam valorizar nem a obra nem o poeta. Após vários anos amargurados pela doença e pela miséria, o poeta morreu em 1580, no dia 10 de Junho.
Por coincidência nesse mesmo ano, Portugal perdeu a sua autonomia política em favor da Espanha.
Em carta a Dom Francisco de Almeida, o poeta referiu esse momento: "...acabarei a vida e verão todos que fui tão afeiçoado à minha pátria que não me contentei em morrer nela, mas com ela."

Luís Vaz de Camões é considerado o maior poeta de língua portuguesa e dos maiores da Humanidade. O seu génio é comparável ao de Virgílio, Dante, Cervantes ou Shakespeare. Das suas obras, a epopeia Os Lusíadas é a mais significativa.


Luís de Camões morreu em 10 de Junho de 1580.
É a razão de este ser o Dia de Portugal, chamado oficialmente Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.
Este poeta foi uma das pessoas que mais elogiou as aventuras heróicas dos nossos antepassados.
Antes do 25 de Abril de 1974, o 10 de Junho era chamado o «Dia da Raça»? «Raça» lusitana, ou seja, todos os que são portugueses, tanto os que estão em Portugal, como os que vivem por todo o mundo.
Nessa época, falava-se muito de heroísmo e orgulho na nação. Na justa medida, são elementos importantes para manter uma cultura e um sentimento patriótico.
Mas não é só Camões que representa o nosso país, Portugal. Existem outros símbolos que nos representam:

A bandeira nacional

  • A 19 de Junho de 1911, depois de se implantar a República, a Bandeira Nacional substituiu a Bandeira da Monarquia Constitucional.
  • A Bandeira Nacional é dividida na vertical com duas cores fundamentais: verde-escuro do lado esquerdo (ocupando dois quintos) e encarnado à direita (ocupando três quintos).


O que significam as suas cores?


- O vermelho é uma cor de força, coragem e alegria, que representa o sangue derramado pelos portugueses.
- O verde, a cor da esperança e do mar, foi escolhida em honra de uma batalha onde esta cor deu a vitória aos portugueses.

Ao centro, sobre as duas cores, tem o Escudo das Armas Nacionais e a Esfera Armilar Manuelina em amarelo e delineada a negro (símbolo que o Rei D. Manuel I escolheu para representar as descobertas marítimas dos navegadores portugueses pelo Mundo, nos séculos XV e XVI).

As restantes cores significam:

- o branco representa a paz;
- o Escudo, a vermelho, lembra a defesa do território;
- as Quinas, a azul, representam as primeiras batalhas na conquista do País
(são os cinco reis mouros vencidos na Batalha de Ourique por D. Afonso Henriques);
- cada quina contém cinco pontos brancos: as cinco chagas de Cristo;
- os sete castelos amarelos representam os castelos tomados aos mouros por D. Afonso III.

O Hino Nacional

  • O hino que conhecemos hoje foi oficializado em 1911, depois da Implantação da República (em 5 de Outubro de 1910).
  • A música foi escrita por Alfredo Keil e a letra por Henrique Lopes de Mendonça, ainda antes da revolução.

A Portuguesa

Heróis do mar, nobre Povo.
Nação valente, imortal
Levantai hoje de novo
O esplendor de Portugal!

Entre as brumas da memória,
Ó Pátria sente-se a voz
Dos teus egrégios avós,
Que há-de guiar-te à vitória!

Refrão: Às armas, às armas
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas
Pela Pátria lutar,
Contra os canhões marchar, marchar!

  • A música original tinha mais duas partes que foram retiradas em 1957, porque ficava muito comprido e difícil de decorar. Mas, aqui vai o resto:

II
Desfralda a invicta Bandeira,
À luz viva do teu céu!
Brade a Europa à terra inteira
Portugal não pereceu.

Beija o solo teu jucundo
O oceano, a rugir d'amor,
E o teu braço vencedor
Deu mundos novos ao Mundo!

(Refrão)

III

Saudai o Sol que desponta
Sobre um ridente porvir;
Seja o eco duma afronta
O sinal de ressurgir.

Raios dessa aurora forte
São como beijos de mãe,
Que nos guardam, nos sustêm
Contra as injúrias da sorte.


A Língua Portuguesa
(
é a quinta língua mais falada no mundo e a terceira mais falada no mundo
ocidental)

"A minha pátria é a língua portuguesa" (Fernando Pessoa).

O português provem do latim, língua que se falava na região do Lácio, cuja capital era Roma. Os romanos através das suas conquistas construíram um grande império, levando a que muitos povos conquistados passassem a falar o latim. No séc. III antes de Cristo, os romanos conquistaram também a Península Ibérica. Como os soldados que ocupavam os territórios conquistados eram quase todos incultos e iletrados, o latim que falavam era o latim vulgar, usado por pessoas com pouca instrução e, por isso, muito diferente do latim falado pelas pessoas mais cultas que se expressavam no chamado latim erudito.

Foi através do latim vulgar, que se ia espalhando pelas terras conquistadas pelos romanos e misturando com as línguas já faladas nesses locais, que algumas línguas foram nascendo. As que se formaram a partir do latim designam-se por línguas novilatinas e são o português, o castelhano, o francês, o italiano e o romeno.

Variedades geográficas da Língua Portuguesa: dialectos

A língua portuguesa, apesar de ter conseguido manter até hoje uma coesão apreciável e de ser falada por povos dos cinco continentes, apresenta variedades geográficas relativamente à pronúncia, sintaxe e vocabulário que se traduzem em Dialectos.

Segundo a gramática tradicional, existem três grupos de dialectos a nível continental:

- Os galegos (região da Galiza, Norte da Península Ibérica).

- Os portugueses setentrionais (região do Norte do País).

- Os portugueses centro-meridionais (região de Centro e Sul).

Há a considerar, também, os dialectos falados nos arquipélagos atlânticos dos Açores e da Madeira.

Nota: Portugal também apresenta como língua oficial o mirandês.

A Língua Portuguesa no mundo

São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau, Moçambique, Timor-leste, Cabo Verde, Portugal, Angola, Macau, Brasil.

Crioulos Portugueses

Durante a expansão marítima, o português, em contacto com as línguas dos povos nativos, deu origem a crioulos. Há vários crioulos em Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo-Verde e São Tomé e Príncipe.

Comunidades de Emigrantes

As comunidades de emigrantes portugueses em todo o mundo também vão mantendo viva a língua. Existem grandes comunidades falantes de português no Luxemburgo, Andorra, Bélgica, França, Alemanha, Jersey e Suíça.

Estatuto Oficial da Língua Portuguesa

PALOP – Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe são designados por “Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa” ou PALOP, formando uma comunidade de quase 9 milhões de falantes nativos.

CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – é uma organização internacional, com sede em Lisboa, composta pelos oito países independentes que têm o português como língua oficial, respectivamente, Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

O português é também uma língua oficial da União Europeia, Mercosul e da União Africana. É considerada, ainda, uma das três línguas internacionais de trabalho, juntamente com o inglês e o francês.

O português é conhecido como A língua de Camões (por causa de Luís de Camões, autor de Os Lusíadas), A última flor do Lácio, expressão usada no soneto Língua Portuguesa de Olavo Bilac ou ainda A doce língua segundo Miguel de Cervantes.

A Língua Portuguesa é falada por cerca de 220 milhões de pessoas.



Prémio

Andrea Cris ofereceu-me este prémio! Obrigada, amiga! Vou partilhá-lo com todas as minhas amigas blogueiras que me visitam e me deixam comentários bem simpáticos. Pois bem, levem-no, é vosso!



Salada de Atum Simples

3 latas de atum
Alface
Cenouras

Milho

Azeitonas

tomatinhos
Sal, azeite e vinagre ou qualquer outro molho para temperar


Migue a alface como se fosse para fazer Caldo Verde, mas mais grosso. Rale a cenoura. Junte o milho, algumas azeitonas, os tomatinhos e o atum desfiado. Misture tudo e tempere a gosto. Agora que os dias estão mais quentes, uma saladinha fresca vem mesmo a calhar!


Trabalhinho
: Um colar com penduricalhos em tons de azul.




17 comentários:

Sonia Facion disse...

Oi Mena!!!
Navegar pelo seu blog sempre é motivo para enriquecimento cultural.
Parabéns pelo dia de Portugal.
Já te falei que meus avós paternos são portugueses.
A minha avó e de Tras dos montes ( não sei se é assim que se escreve).
Lindo o colar!!!.
Boa semna.
Sonia

Andrea Mota disse...

Olá obrigada pelo mimo ^^
Eu hj vi que amanhã seria feriado em Portugal e fui logo ver sobre o que seria tal aconntecimento e agora vim aki pegar meu miminho e me enriqueço ainda mais com seu banho cultural amei....adoroooooooo...

Eu não sei se disse mas tb tenho raizes portuguesas e tenho o maior orgulho de tal...meus avós e mãe são da Ilha da Madeira, da minha mãe precioso confirmar como ela mora muito longe nos falamos espassadamente...depois lhe confirmo e desejo um lindo feriado....mil bjs

Habiba disse...

Ola querida... obrigada!!
Um bom feriado para ti.
beijinhos

εïз Andrea Cris εïз disse...

Olá Amiga
Adorei a postagem e poder conhecer mais um pouquinho a historia de Portugal..
Obrigada pelo Mimo eu fiquei muito Feliz com o carinho
Adorei a Saladinha de Atum e o Colar Maravilhoso
PARABENS
TENHA UMA LINDA SEMANA
Bjs
Andrea

Daniela Tavares disse...

Oi!!! =D

Uau!!! Tu fazes sempre cada pesquisa mais jeitosa... Quando tiver algum trabalho já ñão vou pesquisar no Google, mas acho que antes no teu blog...

Assim até publicito-o na minha bibliografia!!!!

Mas agora a sério... Tu és um máximo... Adoro as tuas postagens, são sempre tão enriquecedoras!!!

Quanto ao dia de hoje: também é o dia de aniversário de uma colega minha!!!!!

Quanto ao Luís de Camões, estou agora a dar «Os Lusíadas», quer dizer, já dei!!! [a escola já acabou] E adorei... Gostei muito das narrações que ele fez e da história da vida dele... Gostei principalmente do episódio de Inês e Pedro e do Adamastor...

Pois é!!! E hoje é também dia da nossa nação, que nunca irei deixar de defender e amar!!! VIVA PORTUGAL!!!

AH!!! Aquela salada de atum ficou com um aspecto fenomenal... Vou ter de experimentar!!! Eu adoro atum, mais um bom motivo para a fazer!!!

AHHHHH! E agora o colar!! Acho que foi o que mais gostei dos que conheço dos teus trabalhos!!! Gosto muito quando tem várias coisinhas no fim: tipo chaves, luas, sóis... etc...

Está mesmo lindo!!!!

Também passei aqui para (claro!) agradecer o mimo!!! É também muito bonito e vou postá-lo logo... Eu ando um pouquinho atrasada na postagem dos mimos e agora quando os postar vão ser praí uns 10!!!

Beijos grandes para ti!!!!

Bom feriado!!

='}

artes_romao disse...

boa tarde,td bem?
venho agradecer a simpatica visita e tambem o premio k me ofereceste...
mais uma vez tens um post fantastico, muito inspirado na nossa naçao,lol...
a salada tb costumo fazere assim e fico maravilhosa,parabens por mais uma receita.
agora este colar ta lindissimo, adoro estes tons de azul...
bom feriado,diverte-te.
fika bemm,jinhos***

Chocolate disse...

Ola Mena!!
Tudo bem? :) olha já coloquei os miminhos no meu blog! muito obrigada! :)
beijinhos e bom feriado!!

Cor de Mel disse...

Olá mena,
Bom, já estou habituada a posts fantásticos aqui no teu blog, mas este está demais!!!
AMEI simplesmente tudo e ainda mais, a parte do Hino Nacional que foi retirada e não conhecia. É linda!!
A saladinha tem um aspecto delicioso e o colar está soberbo, tanto na escolha dos materiais, como dos tons.
Beijinhos, bons feriados e continuação de boa semana,
Lia.

Anónimo disse...

Querida amiga Mena

Pois cá está a chata das mensagens...mas não vi buraquinho...!

Peço-te desculpa por não ter respondido ao teu comentário, nem ter ido buscar o miminho!
Na passada sexta-feira á noite, fui para fora, passar uns diitas e só aterrei hoje de manhã!...
Também tenho direito, não achas?

Durante a tarde tenho estado a tentar pôr as visitas em dia, fui ao teu blog e deparei com um texto fascinante, que desde já peço desculpa, mas imprimi, pois tens lá muita matéria, que eu não sabia e outra que já estava adormecida!

Adorei o teu colar, como sempre lindíssimo!
A salada de atum deve ser
óptima!
Um destes dias vou experimentar, a sério!
Uma vez mais desculpa...e um grande beijinho para ti.
Cassilda

Daniela Veiga disse...

Olá Mena!
Vim trazer um convite,quer participar na minha troquinha?
É muito gira!
Bjinhos

Brisa de Amor disse...

Oi Mena!

maravilhosas las novedades amiga, obrigada pelo cainho de siempre!!!

beijos enormes do Argentina

nile santos disse...

Oi amiga.Um Viva para Portugal.Adorei as bijus.no meu blog tem mimos para voce.bjtos.nile.

Joanita disse...

Uhhmm, eu gosto de atum :D lol

E Viva PORTUGAL!! ;)

*chUack,
Joanita

Andrea Mota disse...

Migah tem um mimo e desafio pra vc no meu blog de mimos ok? espero que goste...

bjsssssssssssssssss

Bah disse...

Mena,

Seu blog é realmente cultural!
É muito legal ter tantas variedades!

Passei pra te desejar uma ótima semana!

Bjinhos e Deus te abençoe!
;D

APO (Bem-Trapilho) disse...

mais um belo colar querida!
bjinhos :)

MARIA LEMOS disse...

Olá Mena, está tudo bem?éste post é uma refeição completa e com direito a uma linda sobremesa..passo a explicar...Lição de História, Lingua Portugesa...culinária...e um espectacular colar...melhor era quase impossivel, muitos parabens!
Um grande beijinho para ti
maria lemos