sábado, 12 de julho de 2008

Magoa-me a saudade


Um passeio a Coimbra
(retalhos)

O Penedo da Saudade é um parque e um dos mais belos miradouros da cidade de Coimbra, construído em 1849, de onde se avista a parte oriental da cidade até ao rio Mondego, a serra do Roxo e a serra da Lousã. Segundo a lenda, já no seu tempo, D. Pedro I frequentava o local, na época conhecido por Pedra dos Ventos, para aí chorar a morte da sua amada D. Inês de Castro. Foi a partir do séc. XVI que este lugar romântico e paradisíaco se passou a chamar Penedo da Saudade.

O Jardim distribui-se por diferentes patamares, num aproveitamento perfeito da topografia local.

Neste espaço presta-se também homenagem a algumas figuras de vulto da nossa cultura: João de Deus (poeta e pedagogo), António Nobre e Eça de Queirós.





Profundamente ligado à cultura coimbrã e à sua academia, são inúmeras as placas comemorativas de eventos académicos e reuniões de curso. Verdadeiros ex-libris deste espaço, as placas mais antigas datam de 1855 e estão espalhadas por diversos pontos do Jardim, entre a vegetação diversificada e luxuriante. A "Sala dos Cursos" e a "Sala dos Poetas" são dois espaços de visita obrigatória.


Em cada canto existe um banco, muitos deles escavados ou integrados nos afloramentos de grés, que convidam os visitantes ao repouso, à reflexão, ou mesmo à contemplação da natureza. A “Sala de Leitura”, um ambiente calmo e romântico, convida-nos ao estudo ou à leitura de um bom romance.

Saudade


Magoa-me a saudade
do sobressalto dos corpos
ferindo-se de ternura
sói-me a distante lembrança
do teu vestido
caindo aos nossos pés

Magoa-me a saudade
do tempo em que te habitava
como o sal ocupa o mar
como a luz recolhendo-se
nas pupilas desatentas

Seja eu de novo a tua sombra, teu desejo,
tua noite sem remédio
tua virtude, tua carência
eu
que longe de ti sou fraco
eu
que já fui água, seiva vegetal
sou agora gota trémula, raiz exposta

Traz
de novo, meu amor,
a transparência da água
dá ocupação à minha ternura vadia
mergulha os teus dedos
no feitiço do meu peito
e espanta na gruta funda de mim
os animais que atormentam o meu sono

Mia Couto

Não deixe que a saudade sufoque,
que a rotina acomode,
que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e
acredite em você.

Gaste mais horas realizando que sonhando,
fazendo que planejando,
vivendo que esperando
Porque, embora quem quase morre esteja vivo,
quem quase vive já morreu.

Fernando Pessoa


Desafio

Este desafio chegou-me daqui e consiste em revelar 7 factos casuais sobre mim.

As regras:
* compartilhar 7 factos sobre si, alguns casuais, alguns esquisitos;
* seleccionar 7 pessoas referindo os nomes/blogs;
* avisá-las que foram seleccionadas para o desafio;

Então é assim:

1- Quando casei, estava ainda a estudar e foi difícil adaptar-me à minha nova vida. Cheguei a pensar que nunca mais acabava o curso. O meu marido foi um grande suporte, incentivou-me e ajudou-me sempre;

2- Estava no terceiro ano da faculdade, quando engravidei. Entrei em pânico. Fiquei mesmo revoltada e culpei o meu marido. Ele, com toda a calma, disse-me que estava ali para me apoiar. O meu pai teve receio que eu não terminasse o curso e confessou-o à minha mãe. A minha mãe foi o meu grande apoio. Ajudou-me muito, fez o enxoval para o meu filho, estava sempre lá para o que fosse preciso;

3- Trabalhava nas Caldas e estudava em Lisboa. Dei aulas até ao fim da gravidez e fui sempre às aulas. O meu filho nasceu em Janeiro, só faltei um mês às aulas da faculdade. Fui sempre muito decidida e lutadora, não desisto das coisas facilmente, vou à luta até ao fim;

4- O L. nasceu num hospital privado, o meu marido assistiu e foi a melhor coisa que nos aconteceu. Ele era o bebé mais bonito do mundo. Ainda me lembro de dormir com ele ao lado, na sua caminha, ele agarrava-me um dedo com a sua mãozinha pequenina e eu nem me virava para que ele não tivesse de me largar. Tenho uma relação muito forte com o meu filho, vivemos sós, os dois, durante oito anos, porque o meu marido trabalhava fora e só vinha ao fim-de-semana;

5- Oito anos depois do nascimento do meu filho, nasceu a M., foi uma gravidez programada. Eu soube sempre desde o início que era uma menina, cheguei mesmo a dizer ao meu marido que tínhamos acabado de fazer uma menina;

6- A M. era uma criança linda, mas deu muito trabalho. Se tivesse sido ela a primeira a nascer, não teria um segundo filho. O seu nascimento foi terrível, apanhei a mudança de turno das enfermeiras, as que estavam não quiseram fazer o parto, apesar de o médico lhes ter dito que a criança estava a nascer. Assim esperei e desesperei. Quando ela nasceu estava toda negra, com os olhos inchadíssimos e cheia de galos na cabeça. Eu fiquei com tantas dores que não conseguia levantar-me para cuidar dela. Valeu-me a mãe de um aluno meu que era enfermeira e que me ajudou a cuidar da M. e, claro, os meus pais e o meu marido;

7- A M. deu muito trabalho, podem ver aqui algumas das dificuldades que tivemos.

Hoje, somos uma família muito unida. Todas as dificuldades serviram para nos unir mais e mais…

Ah! Tirei o curso (de quatro anos) em cinco, no último ano só tive a única disciplina que deixei para trás. Quando se quer muito uma coisa, lutamos por ela e, no fim, com a ajuda de Deus, vencemos. É preciso não desistirmos nunca dos nossos propósitos!

Respondido que está, agora vou passá-lo às seguintes meninas:

Susy
Daniela
Sónia
Alexandrina
Joanita
Habiba
Vivi

Fondue

Comece por fazer um caldo de legumes com:

2 batatas
1 chuchu
2 cenouras
1 alho francês
um pouco de abóbora
1 cebola
1 dente de alho
sal


Coza todos os ingredientes e depois reduza-os a puré. É esta sopa que vai colocar na caçarola do fondue e que servirá para cozer a carne.


Molhos

A base é a maionese:

Molho de chouriço - pique finamente um pedaço de chouriço e misture-o com maionese.
Molho de coentros - Pique os coentros e misture maionese.
Molho de gema de ovo - Desfaça a gema e misture à maionese.
Molho de tomate - misture um pouco de molho de tomate à maionese.
Molho de salsa - Pique a salsa e misture-a com a maionese.
Molho de mostarda - misture maionese com mostarda.
Molho de azeitona - descaroce as azeitonas e pique-as, misturando seguidamente com a maionese.
Molho picante - desfaça uma malagueta grande e misture maionese.



carne de vaca ou de porco
ananás
feijão verde cozido
salada de tomate
salada de alface
cenoura ralada
milho cozido
batatas fritas em palitos


Cada pessoa coze a sua carne no caldo preparado, acompanha com as batatas fritas, o feijão verde... e coloca no seu prato um pouco de cada molho, onde vai molhando a carne.
No fim, come-se o caldo onde cozeu a carne. Este caldo de carne com a fervura engrossa, ficando um creme de legumes bem saboroso.
É uma refeição que pode proporcionar bons momentos de convívio.

Trabalhinhos: Ainda o que eu fiz para a Maria João.

Um postal

Um anel



14 comentários:

cantinhosa susy disse...

ja fiz o desafio proposto

artes_romao disse...

Boa tarde,td bem?
mais um post bastante interessante...
gostei imenso do teu relato em relaçao aos teus filhos neste desafio...
parabens por esta luta k tiveste de passar...
foste, es e seras uma grande Mulher....
o teu anel ficou um mimo...
fika bem,jinhos***

Crisfonseca disse...

Olá Mena,
Obrigada pelas lindas fotos de Coimbra, lugar encantador , divino. Peço desculpas pela minha ausência estou desenhando a cidade do Cairo, ha muito detlahes que consomem meu tempo. Voltarei com mais calma.
Beijos,
Cris

εïз Andrea Cris εïз disse...

Oi Amiga
Adorei a postagem e poder passear por Coimbra que Lindas fotos de lugares e paisagens....
Adorei a sugestão do Fondue ,
O Anel maravilhoso..
PARABENS
TENHA UMA OTIMA SEMANA
Bjs
Andrea

Karla disse...

Olá Mena não conhecia o teu cantinho,as tuas bijuterias são lindas assim como todos os teus trabalhos,obrigada pelo comentário,volta sempre que eu farei o mesmo.Beijinhos

Joanita disse...

Obrigada por me teres passado o desafio!

Eu gostei muito de ler a tua história. É incentivadora, de coragem e força :D

Eu também adoro Fondue ;)

*Beijocas,
Joanita

Anjo Negro disse...

olá minha querida mena

sabes és uma mulher com M grande, gostei tanto de ler aquilo que aqui escreves-te, és uma lutadora. é verdade que não te conheço, mas gosto muito de ti. és uma grande pessoa, muito lutadora..
gostava de ter o apoio que tu tiveste e tens.. vou para universidade sozinha sem grande apoio resta-me o meu namorado e vocês. sim, vocês que me apoiam no meu cantinho com aquelas pequenas palavras que fazem tanta diferença

bjs da lili

boa semana para ti

gostei muito da musica de Pedro Abrunhosa

Daniela Tavares disse...

Oi!!

Hum! Hoje é Coimbra? Pois, eu já passei aí, mas só rapidinho!

Mas gostei muito das fotos que tiras-te!!! Mostram a beleza da cidade!

Gostei também muito da receita que hoje publicas-te!

E os prémios que mandas-te à Maria João? Que lindos, ela deve ter ficado muito contente!!!

AH!! Obrigado pelo desafio, já o publiquei no meu blog, ok? Passa por lá e vÊ as respostas... Estão engraçadas!

AH! E tens um mimo no meu blog!!!

Beijos grandes!

='}

Habiba disse...

ola querida... brigada pelo desafio! Quando tiver um tempinho faço... isto agora anda complicado. beijinhos

ÁNGELES disse...

¡QUÉ HERMOSURA DE PAISAJES!
Gracias Mena. Cariños.
Ángeles Nessy

APO (Bem-Trapilho) disse...

olá Mena!
adoro essa música (intervalo) amo mesmo. ando há dias para a por lá no blog e tenho-me esquecido.
e adorei tb o teu passeio e o anel! fantástico! :)
bjos grandes

SANDRA RIBEIRO disse...

ola mena
agradeço a visitinha ao meu blog e adorei o teu as fotos sao lindissimas e os trabalhinhos espectaculares
beijos

Brisa de Amor disse...

Oi Mena !

Pasee a desejar un otima semana para vc

muitos beijos do Argentina amiga!

Rosarinho disse...

Sempre que puder, passarei pra deixar...
. . . . . . .. . ¶¶ . . ¶¶¶ ..¶¶¶………….
. . . . . . . . ¶¶¶ . . ¶¶¶.¶ .¶¶…………
. . . . . . . .¶¶¶.¶. .¶¶¶. . .¶¶…………
. . . . . . . ¶¶¶¶. . . ¶¶¶ . . .¶¶¶………
. . . . . . .¶¶¶¶¶ . . ¶¶¶¶.¶¶ .¶¶………
. . . . . . ¶¶¶¶. . . . ¶¶¶¶. . .¶¶……….
. . . . . ¶¶¶¶¶¶¶. . . . .¶¶. . . ¶¶………
. . . . . ¶¶¶¶¶¶¶¶. . . . ¶¶. . ¶¶……….
. . . . . ¶¶¶¶¶¶¶¶¶ . . ¶¶. . ¶¶………..
. . . . . . ¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶ ¶.¶¶…………
. .¶¶. . . . .¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶.¶¶…………..
. .¶¶¶¶¶ . . . . . ¶¶ …………………..
. .¶¶¶¶¶¶¶. . . .¶¶. ………………….
. . ¶¶¶¶¶¶¶ . . ¶¶……………………
., . .¶¶¶¶¶¶¶ . ¶¶……………………
. . . .¶¶¶¶¶¶. ¶¶…………... ¶¶¶¶¶¶¶
. . . . .¶¶¶¶¶¶¶…… . ¶¶¶¶¶¶¶.¶¶¶….
. . . . . . . . .¶¶. . ¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶………
. . . . . . . . ¶¶. . ¶¶¶¶¶¶¶……………
. . . . . . . .¶¶. . ¶¶¶¶¶¶¶…………….
. . . . . . .¶¶. . ¶¶¶¶ .. .. .. …. ………
. . . . . . . ¶¶………………………..
. . . . . . . ¶¶………………………..
. . . . . . .¶¶………………………...
BEIJOS E UMA FLOR ………