quarta-feira, 13 de agosto de 2008

O Mar e a Poesia

Peniche
Esgotei o meu mal

Esgotei o meu mal, agora
Queria tudo esquecer, tudo abandonar
Caminhar pela noite fora
Num barco em pleno mar.

Mergulhar as mãos nas ondas escuras
Até que elas fossem essas mãos
Solitárias e puras
Que eu sonhei ter.


Fundo do mar


No fundo do mar há brancos pavores,
Onde as plantas são animais
E os animais são flores.

Mundo silencioso que não atinge
A agitação das ondas.
Abrem-se rindo conchas redondas,
Baloiça o cavalo-marinho.
Um polvo avança
No desalinho
Dos seus mil braços,
Uma flor dança,
Sem ruído vibram os espaços.

Sobre a areia o tempo poisa
Leve como um lenço.

Mas por mais bela que seja cada coisa
Tem um monstro em si suspenso.


Evadir-me, esquecer-me

Evadir-me, esquecer-me, regressar
À frescura das coisas vegetais,
Ao verde flutuante dos pinhais
Percorridos de seivas virginais
E ao grande vento límpido do mar.

Mar sonoro

Mar sonoro, mar sem fundo, mar sem fim.
A tua beleza aumenta quando estamos sós
E tão fundo intimamente a tua voz
Segue o mais secreto bailar do meu sonho.
Que momentos há em que eu suponho
Seres um milagre criado só para mim.

Mandei para o largo

Mandei para o largo o barco atrás do vento
Sem saber se era eu o que partia.
Humilhei-me e exaltei-me contra o vento
Mas não houve terror nem sofrimento
Que à praia não trouxesse,
Morto o vento.

Baleal
Chamei por mim

Chamei por mim quando cantava o mar
Chamei por mim quando corriam fontes
Chamei por mim quando os heróis morriam
E cada ser me deu sinal de mim.

Espera

Dei-te a solidão do dia inteiro.
Na praia deserta, brincando com a areia,
No silêncio que apenas quebrava a maré cheia
A gritar o seu eterno insulto,
Longamente esperei que o teu vulto
Rompesse o nevoeiro.

As ondas quebravam uma a uma
Eu estava só com a areia e com a espuma
Do mar que cantava só para mim.

Sophia de Mello Breyner


Miminho

Deixo este miminho a todas as meninas que me visitam.



O Homem e a Mulher

O homem é a mais elevada das criaturas.
A mulher, o mais sublime dos ideais.
Deus fez para o homem um trono; para a mulher fez um altar.
O trono exalta e o altar santifica.
O homem é o cérebro; a mulher, o coração. O cérebro produz a luz; o coração produz amor. A luz fecunda; o amor ressuscita.
O homem é o génio; a mulher é o anjo. O génio é imensurável; o anjo é indefinível;
A aspiração do homem é a suprema glória; a aspiração da mulher é a virtude extrema; A glória promove a grandeza e a virtude, a divindade.
O homem tem a supremacia; a mulher, a preferência. A supremacia significa a força; a preferência representa o direito.
O homem é forte pela razão; a mulher, invencível pelas lágrimas.
A razão convence e as lágrimas comovem.
O homem é capaz de todos os heroísmos; a mulher, de todos os martírios. O heroísmo enobrece e o martírio purifica.
O homem pensa e a mulher sonha. Pensar é ter uma larva no cérebro; sonhar é ter na fronte uma auréola.
O homem é a águia que voa; a mulher, o rouxinol que canta. Voar é dominar o espaço e cantar é conquistar a alma.
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra; a mulher, onde começa o céu.

Victor Hugo


Frango com natas

0,5 frango
1 pacote de natas
1 sopa de cebola Knorr (ou de outra marca)
Queijo ralado

Ponha o frango a cozer em água com sal. Quando estiver quase cozido, retire-o da água e deixe-o arrefecer um pouco. Desfie o frango e retire-lhe a pele. Unte um tabuleiro com margarina e tape o fundo deste com um pouco de frango desfiado. Polvilhe com sopa de cebola. Despeje as natas para dentro de uma tigela e misture com 1dl de caldo da cozedura do frango.

Verta um pouco desta mistura sobre a carne e a sopa de cebola.

Volte a colocar mais uma camada de frango, de sopa de cebola e de natas com caldo até esgotar todos os ingredientes.

No fim salpique com queijo ralado e leve ao forno até ficar louro.
Queijo ralado sempre fresco e ao nosso gosto: Compra-se um queijo, aquele que gostarmos mais, unta-se com azeite e coloca-se a secar. Depois de bem sequinho, guarda-se. Quando for necessário, rala-se ou pica-se numa picadora a quantidade a utilizar. Podem crer que o sabor é completamente diferente dos de compra, muito mais apaladado.

Sirva o frango com natas com batatas fritas ou arroz branco e uma boa salada mista.



Trabalhito: cesta

A cesta foi-me oferecida pelo meu marido, eu enfeitei-a e ficou assim! Que acham?







13 comentários:

Sonia Facion disse...

Mena uau, ficou linda a bolsa.
O s versos sobre a mulher nem se fala....
Obrigadinha pelo mimo.

Bjks

Sonia

Dulce disse...

Bom dia,
Vim ao computador logo que acordei e não podia começar melhor o dia. Os poemas lindos, o alusivo à mulher é lindo(já conhecia), o vídeo dos Beatles é uma ternura a passearem-se por Hyde Park(que saudades) e a tua cesta o Máximo, ficou linda.
Obrigada pelo miminho, vou já levá-lo.

beijinhos
Dulce

caloca disse...

Bom dia, Mena. Obrigado pelo miminho. Adorei os poemas e a bolsa, que ficou muito original, muito bonita e colorida.
Jinhos e bom fim de semana
Armanda

APO (Bem-Trapilho) disse...

olá Mena!
que linda a tua alcofa! eu tb tenho alguns trabalhos deste género (vê etiqueta "malas" no Bem-Trapilho). gostava até de decorar mais alcofas mas tenho muita dificuldade em encontrá-las para comprar. já nem nas feiras as encontro. tens ideia de onde as possa encontrar?
bjinhos amiga!

Habiba disse...

ola querida... a alcofa ficou linda linda! beijinhos

sweetie Mafalda disse...

Olá amiga,

obrigada pelo miminho vou colocá-lo ainda hoje no meu blog.
A alcofa ficou maravilhosa, adorei!!
Vou de férias e regresso em setembro, mas se tiver oportunidade vou colocar fotos de alguns trabalhos k estou a acabar.
Beijocas
Mafalda

artes_romao disse...

Boa tarde,td bem?
k cesta tao linda e ainda usaste mais uma vez a tua bela imaginaçao....
k encanto,parabens. gosto imenso de cestas, tudo o k seja em verga ou 'palhinha'lol...
agradeço a visita e acima de tudo este miminho fantástico.
fika bem,jinhos***

mfc disse...

Gosto muito das fotos com ilustras as palavras.

Artes de Fada disse...

Olá Mena,
Obrigada pela tua visita, pelo teu comentário e claro pelo Miminho ;)
Iremos colocá-lo com muito carinho no nosso Blog :)
Também não conhecíamos os teus trabalhos e gostamos muito, como tal, já te adicionamos para te visitarmos regularmente e fazermos parte do teu grupo de amizades virtuais.
Votos de um Bom Fim-de-Semana!!!
Beijinhos das Fadas

Sonia Facion disse...

Oeeeeeeeeeee.......
Um lindo e feliz fim de semana, Mena querida.

Sonia

Crisfonseca disse...

Olá Mena,
tuas postagens estão simplesmente fabulosas, tantos estas , quanto a anterior, aodorei as fotos e a escrita.
Beijos,
Cris

bellelacoccinelle disse...

merci pour ce com sur mon blog!
Et c'est avec une grande joie que je découvre le tien ce soir...
Je viens de rentrer de vacances hier,et poster mes 1ers com...
Hum...c'est bon, de lire et de voyager un peu...les vacances se prolongent...
Je veux bien ta recette de "Abacate com mel"en français, je me laisserais bien aller...;-)
je suis désolée je ne comprends pas tout!!!
A tout bientôt,
biz

gatapreta artesanato disse...

Olá Mena!
Obrigada pelo seu comentário!
Boas férias!
Adorei o colar multicolor!
Beijinhos
Cláudia