sábado, 30 de Agosto de 2008

Barca bela

Praia da Légua



Barca Bela


Pescador da barca bela,
Onde vais pescar com ela.
Que é tão bela,
Oh pescador?

Não vês que a última estrela
No céu nublado se vela?
Colhe a vela,
Oh pescador!

Deita o lanço com cautela,
Que a sereia canta bela...
Mas cautela,
Oh pescador!

Não se enrede a rede nela,
Que perdido é remo e vela
Só de vê-la,
Oh pescador.

Pescador da barca bela,
Inda é tempo, foge dela
Foge dela
Oh pescador!

Almeida Garrett

O sujeito poético aponta ao destinatário (pescador=homem) os perigos do mar (da vida) e lança-lhe um apelo para que fuja desses perigos, enquanto é tempo.

Há no desenvolvimento do assunto, um clima de fatalidade que se vai desenrolando em rampa crescente. Assim a fatalidade é logo sugerida pelo título "barca bela", porque aqui o maior perigo está na sedução e a "barca bela/que é tão bela" (de notar a insistência na beleza) é já símbolo de sedução (o homem poderá embarcar no engano). Por isso, o sujeito poético lança o primeiro aviso: "onde vais pescar com ela/que é tão bela/Oh pescador!"

Mas o clima de fatalidade aumenta, quando o sujeito poético avisa que "a última estrela/No céu nublado se vela". É o perigo da escuridão. Note-se ainda o conteúdo fatalístico da palavra "estrela".

Na terceira estrofe aparece a palavra "sereia", simbolicamente aqui usada para designar os perigos que esperam o pescador (o homem). Barca bela, sereia - símbolos do perigo, do perigo que está na sedução. Por isso, "cautela, oh pescador!"

O perigo vai aumentando ainda, pois aparecem já, na quarta estrofe, os efeitos desastrosos de se navegar para a perdição: "perdido é remo e vela/só de vê-la..."

E o perigo, o medo dele, atinge o ponto culminante na última estrofe: "Pescador da barca bela/Inda é tempo, foge dela/Foge dela...". Note a repetição de "foge dela", vincando a urgência de fugir de tão grande perigo.



A Mena na cozinha

Salsichas com cogumelos

azeite
2 dentes de alho
1 caixa de cogumelos laminados
1 lata de salsichas
sobras (batatas cozidas, feijão verde cozido, cenoura cozida...)
salsa
sal
pimenta

Numa frigideira, leve ao lume o azeite e os alhos esmagados ou cortados às rodelas.

Quando estiverem transparentes, junte-lhes os cogumelos laminados e deixe cozinhar um pouco.

Junte as salsichas cortadas às rodelas. Tempere com sal e pimenta.

Corte os legumes e as batatas em pedaços pequenos e junte ao preparado anterior.

Rectifique os temperos. Pique a salsa e envolva tudo muito bem.

Sirva com salada de tomate.



Trabalhinhos

Fralda



Moldura


9 comentários:

Sonia Facion disse...

Oiiiiiiiiii Mena.....
Lindas essas canções.
E mais praia, eeeeeeee férias boas.
Bom domingo.

Sonia

Carolina disse...

que hermoso todo!!!!!!!! me encanto el portaretrato, yo no soy muy buena pintando pero vos sos una genia!!!!
Pasa por mi blog hay un desafio traelo a tu casita, besotes y buen finde!!!

mundo azul disse...

Seu poema é muito bonito! Gostei da sua análise...


Os trabalhos em crochet são ricos, caprichados! Minha mãe trabalha muito com crochet...
Parabéns, seus artesanatos são de encher os olhos!


Beijos de luz e um domingo feliz!

artes_romao disse...

Boa tarde,td bem?
mais um post fabuloso...
a tua receita e os trabalhinhos estao todos um mimo,parabens.
um bom domingo p ti, fika bem.
jinhos***

mfc disse...

A "Barca Bela" transportou-me a outros tempos... evaqueles cogumelos salteados fizeram-me água na boca!

MARIA LEMOS disse...

Olá Mena,
Decididamente vou pôr a minha filha Rita a ler as tuas postagens...quem sabe ela além de aprender se conscencialize que a escola vai começar...parabens pela tua imensa transparência e disponibilidade para ensinar!!!
Lindos os trabalhos como sempre!
Um abraço,
Maria Lemos

Cor de Mel disse...

Olá Mena,
Obrigada pelo seu carinhoso comentário. Quanto a este "post", acho-o, como habitualmente, está fabuloso. Adorei o poema e a sua análise. A receita, fácil e ideal para quando não sabemos o que fazer e temos de cozinhar algo rápido e os trabalhos, achei simplesmente magníficos. A moldura em especial, está um mimo!!
Beijinhos e boa semana,
Lia.

Cantinho do ponto de cruz disse...

Ola amiga
Voltei de férias e passei para te agradecer a visita ao meu blog. Beijinhos
Catarina

Chocolate disse...

olá amiga!
obrigada pela simpatia, por acaso foi mesmo dificil encontrar os gráficos lol
beijinhos e boa semana!