sexta-feira, 12 de junho de 2009

Canto VI d'Os Lusíadas



Resumo do Canto VI


Finda a narrativa de Vasco da Gama e os festejos de despedida dos melindanos, a Armada sai de Melinde, guiada por um piloto que deverá ensinar-lhe o caminho até Calecute.

Baco, vendo que os portugueses estão prestes a chegar à Índia, resolve pedir ajuda a Neptuno, que convoca um Concílio dos Deuses Marinhos. Assim que se encontram todos reunidos, Baco profere o seu discurso, apresentando honesta e claramente as razões da sua presença ali. As lágrimas interrompem-lhe, a dado momento, as palavras, fazendo com que de imediato todos os deuses se inflamem, tomando o seu partido. Neptuno manda Eolo soltar os ventos para fazer afundar a Armada portuguesa.

Sem nada pressentirem, os portugueses contam histórias para evitarem o sono. Fernão Veloso conta o episódio lendário e cavaleiresco de Os Doze de Inglaterra, quando surge uma violenta tempestade. A fúria com que os ventos investem é tal que não lhes dá tempo de amainar as velas, rompendo-as e quebrando os mastros. É tal a fúria da natureza que nada lhe resiste. As areias no fundo dos mares vêem-se revolvidas, as árvores arrancadas e com as raízes viradas para o céu e os montes derrubados. Na armada a situação é caótica. As gentes gritam e vêem perto a perdição, com as naus alagadas e os mastros partidos. Vendo-se perdido, Vasco da Gama pede ajuda à Divina Guarda e, mais uma vez, é Vénus que vem ajudar os Portugueses, mandando as Ninfas seduzir os ventos para os acalmar. Quando a tempestade se acalma, amanhecia já e o piloto melindano avista a costa de Calecute. Feliz, Vasco da Gama agradece a Deus. O canto termina com uma reflexão do Poeta acerca do verdadeiro valor da glória.


Trabalhinho:



O saquinho para acondicionar o presente.


E o meu trabalhinho mistério vai assim! Que tal?


A Mena na cozinha


Bolo de leite condensado


1 lata de leite condensado

4 ovos

150 g de margarina

200 g de farinha

1 colher de sobremesa de fermento

3 dl de natas

300 g de chocolate para culinária

margarina para untar a forma

farinha para polvilhar


Ligue o forno a 180º. Unte a forma com margarina e polvilhe-a com farinha.
Numa tigela, bata o leite condensado com as gemas, junte a margarina amolecida e bata bem.
Misture a farinha com o fermento e adicione ao preparado anterior, batendo sempre.
Bata as claras em castelo e envolva-as na mistura anterior.

Verta o preparado para a forma e leve ao forno durante 35 minutos. Retire do forno, desenforme e deixe arrefecer.
Leve ao lume as natas até ferverem, retire-as do lume, junte-lhes o chocolate em pedaços, deixe repousar um pouco e depois mexa até ficar em creme.

Sirva o bolo cortado em fatias regadas com o molho de chocolate. Delicie-se!


Miminhos


Este miminho veio daqui! Obrigada, Soninha!
Aqui fica para quem quiser levar.




15 comentários:

Abelha Maia disse...

O mimo para mim é o selo ou o bolo de leite condensado?....hehe, é que adoro leite condensado, até o como ás colheres.
bjsss

Sonia Facion disse...

Mena querida!!!

Ninguém acertou ainda?

Vou com outro palpite.

Saquinho para colocar langeries.

Aiaiai....

Bom fim de semana.

Sonia

Mona Lisa disse...

Olá Mena

Hoje li a correr o post, pois vi o bolo e não resisti!!!

Fiz um chá e deliciei-me!

Quanto ao desafio não arrisco mais nada...estou tão confusa!
Agora parece-me uma boneca de trapos que tive em miúda.

Obrigada pelo miminho.

Bjs.

Lisa

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Mena,

Eu amo seus mimos e suas palavras cheias de carinho.

Beijo grande, menina da comida deliciosa.

Rebeca

-

Sabrith disse...

Que será esse trabalhinho... estou deveras curiosa... meu Deus kkkkkkkkkkk
Seria uma sacola de pão???
Ficaria muito chique, não acha?
Bjokas:D

artes_romao disse...

boa tarde,td bem?
belos trabalhinhos, parabens.
hummmm o desafio já vai adiantado,heheh.
e k belo bolo, so é pena ser de leite condensado, gosto imenso...mas o meu estomago n deixa...
agradeço tb o miminho.
bom fdsemana,fika bem.
jinhos***

els@ disse...

obrigada mena pelo miminho!
...será uma carteira maiorzinha para colocar todas as maquilhagens!? beijinhos

APO (Bem-Trapilho) disse...

entao quer dizer que nao ha meio de acertarem no trabalhinho mistério! :)
olha fiquei a babar plo bolinho. sabes, já estou com fomeca e entao comecei a salivar! :)
adorei as tuas manualidades. ando louca para encontrar sacos ou malas assim de palhinha e não consigo. decorei uma para mim há imenso tempo e adorava fazer mais. adoro esse tipo de malinhas.
bjokas minha linda!

Maria Cusca disse...

Olá minha querida.
Em primeiro lugar desculpa a minha ausência.
Mas tenho andado um pouco atrapalhada com falta de tempo.
O bolo está uma delicia.
E continuando com Camões só falta o chazinho.
O desafio inicialmente pareceu-me o Fernando Pessoa, mas com retalhos e até pode levar brinco...já não me parece.
estou baralhada.
Será uma matrona de Trapo, como eu tinha em pequena?
E eram giríssimas...
Bom como pelos vistos ainda ninguém acertou, vou continuar a tentar.
E ainda não tive tempo para postar no meu blog, o desafio.
Jinhos amiga e mais uma vez desculpa.
Bom domingo

Anjo Negro disse...

olá mena

tenho andado desaparecida daqui...

hummm eu ainda estou no 1º ano de licenciatura. e quase que aposto que anda a estudar na ESTG ou no ISLA...


bjs

Chocolate disse...

olá querida! vim desejar-te boa semana. beijinhos!

Saltapocinhas disse...

Olá Mena!
Vim agradecer a tua visita! Espro que voltes sempre!
Este teu blog é uma delícia, vou ter de fazer este bolo!!

Ana Rodrigues disse...

Olá!
Que delicia!
O bolo e os trabalhinhos!
A bolsa de palhinha... e o saco... linda/te decorados!
Bjs e boa semana

Eunice Martins disse...

OLA MINHA QUERIDA TAMBÉM VOU LEVAR ESTE MIMO,OBRIGADA ESSE TRABALHO ESTÁ A DEIXAR AS AMIGAS MUITO BARALHADAS,RSRSRSR BEIJOS.

Sabores de Aromas disse...

Olá,
Adorei esse bolinho, e com chocolate que adoro:) uma delicia.
descobei o teu blog pora acaso e adorei é muito interessante.se me quiseres visitar!


bjs