quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Acordo Ortográfico




Nos nossos sete, oito e nove anos tínhamos que fazer aqueles malditos ditados que as professoras se orgulhavam de leccionar.
A partir do terceiro erro de cada texto, tínhamos de aquecer as mãos para as dar à palmatória.
E levávamos reguadas com erros destes: "ação", "ator", "fato" ("facto"), "tato" ("tacto"), "fatura", " reação", etc., etc...
Com o novo acordo ortográfico, voltam a vencer-nos, pois nós é que temos que nos adaptar a eles e não ao contrário. Ridículo...
Mas, afinal qual é a origem das palavras da nossa Língua? Vêm do Latim!!
E desta, derivam muitas outras línguas da Europa.
Até no Inglês, a maior parte das palavras derivam do latim.
Vejamos, então, alguns exemplos:



Conclusão: na maior parte dos casos, as consoantes mudas das palavras destas línguas europeias mantiveram-se tal como se escrevia originalmente.
Se a origem está na Velha Europa, porque é temos que imitar os do outro lado do Atlântico.
Mais um crime na Cultura Portuguesa e, desta vez, provocada pelos nossos intelectuais da Língua de Camões.


Até dói ter de escrever assim!


4 comentários:

mfc disse...

Nem me fales!!!
Já sou burro velho para mudar!!

endovelico disse...

Vi este post e nao posso deixar de fazer um pequeno comentario... Nas linguas que apresenta como fator de comparaçao, os "c" e os "p" lem-se todos... No caso do portugues, sao consoantes mudas. Foi pena que Portugal so despertasse para esta realidade do acordo otrografico, assinado ha 20 anos atras...

PS
nao tenho acentuacao neste teclado...

Mona Lisa disse...

Uma violência...um absurdo!

Não MUDO!

Bjs.

Elsa Vasco disse...

ETV disse...
o maior disparate de todos os tempos... como burro velho não aprende línguas... quantos de nós vão escrever sem erros ortográficos...pior...ensinar os alunos a escrever de forma correcta!