segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Ser professor


Um novo ano começa!
Livros, cadernos, lápis, canetas... tudo está pronto e arrumado na nova mochila.
Revêem-se velhos amigos, velhos professores; fazem-se novas amizades; esperam-se novos professores.
Mais um desafio, mais uma etapa que é preciso vencer para a construção de uma VIDA.


Todos os anos, arrumo (elimino) um dossier. Este último tinha dez anos. Isto quer dizer que fico ainda com nove para seleccionar, arrumar e finalmente eliminar. Mas, não pensem que vou à estante, pego na pasta e a atiro simplesmente para o papelão. Não! Nada disso! É um trabalho moroso, tudo é passado a pente fino, não vá parar ao lixo algo importante.
Antigamente, encaixotava as pastas de arquivo e colocava-as na garagem.
Agora, estou proibida de fazer isso: o meu marido diz que eu ponho e disponho de toda a casa menos da garagem. Esta pertence-lhe! Só detenho dois pequenos espaços daquela grande área: o lugar para estacionar o meu carro e um pequeno estendal.
Bom, é sempre com alguma tristeza que tenho de eliminar algumas coisas, mas é também muito gratificante recordar velhos alunos, trabalhos interessantes que guardei...
Há dez anos, pedi aos alunos, na primeira aula, depois da apresentação que escrevessem um pequeno texto, uma quadra, um poema... Dei-lhes um tema para desenvolver e agora, dez anos depois, aqui estão alguns desses trabalhos:


SER PROFESSOR


"Ser professor é saber ensinar

e estar sempre disponível para aprender."


"É ser simpático

Por vezes severo

Mas acima de tudo

Um amigo sincero."


"O professor com amor e carinho

E com muita satisfação

Ilumina a nossa vida

E enche o nosso coração."


"O professor tem de ser exemplar

Tudo resolve com vontade

Não precisa de gritar

Porque tem muita dignidade."


"É ser calmo, amigável

Ralhar quando necessário

Explicar o mundo real

E deixar-nos voar para o imaginário."


"Ajuda-nos

Encaminha-nos

Apoia-nos

Acarinha-nos."


"É ser pai

É ser mãe

É ser um abrigo

Um ombro amigo."


"É um maestro

De batuta na mão

Nós somos a orquestra

A quem ele ensina a lição."


"Digam-me lá de uma só vez…

Pois não sei uma boa definição!

Será um poeta, um escritor?

Não sei. Talvez?

É alguém com um grande coração

Que nos ensina e nos dá amor."

"Ser professor
É preparar-nos para um futuro feliz,
É um construtor de sonhos."

"Ser Professor

É ajudar na formação e na educação dos jovens de hoje

É apostar nos Homens de Amanhã."


"Ser Professor é saber ouvir
no silêncio de um olhar,
no barulho de uma lágrima,
na alegria de um sorriso
no calor de um abraço."

"Ser Professor é observar atentamente,
é ler nas entrelinhas,
é ver para além do que os olhos alcançam."

"Ser Professor é compreender um sorriso,

Estender-nos sempre a mão

E dizer-nos quando é preciso

- Não temas, eu estou aqui."

"Ser Professor é estar sempre disponível

Para construir e para reconstruir.
Construir as bases para a vida

E reconstruir os caminhos perdidos."

"Ser Professor

É ser apenas isso:

PROFESSOR.

É o que tenho
Todos os dias
Um de cada vez

Hora a hora.
Ensina-me a aprender

E aprende comigo também.
Sorri-me
Desafia-me
Acredita em mim
dá-me a mão
Ouve-me
Abraça-me com o seu olhar
Observa-me.
Está sempre lá quando preciso
Constrói e reconstrói

Dando sempre tudo de si

E recebendo, por vezes, tão pouco."


Espero que tenham gostado das definições dos meus antigos alunos, hoje homens e mulheres com idades compreendidas entre os 22 e os 26 anos. Algumas definições são realmente DELICIOSAS. Não acham?





MIMINHOS


Aqui estão mais uns prémios que as nossas queridas Rita e Mafalda me ofereçeram. Já sabem o que fazer...

Peguem neles e transportem-nos para os vossos cantinhos maravilhosos...






A Mena na cozinha

Lentilhas com salsichas

0,5 kg de lentilhas
azeite
150g de toucinho fumado
1 cebola
salsa
1dl de vinho branco
8 salsichas frescas
2 ovos cozidos
sal
pimenta
louro
dente de alho

Na véspera, ponha as lentilhas de molho.

No próprio dia, ponha-as a cozer com sal, um dente de alho, uma folha de louro e um fiozinho de azeite.

Em seguida, corte o toucinho fumado em dados pequenos e deite-os num tacho juntamente com o azeite, a cebola picada e a salsa. Leve ao lume e deixe refogar lentamente, mexendo de vez em quando.

Logo que comecem a alourar, junte o vinho e deixe suar um pouco. Junte depois um pouco de caldo de cozer as lentilhas e deixe cozer, tapado, alguns minutos.

Junte então as lentilhas cozidas e o caldo necessário para as cobrir. Deixe ferver um pouco e ponha o sal e a pimenta, a gosto.

Coloque depois as salsichas em cima, tape e deixe cozinhar, sacudindo de vez em quando o tacho para não pegar.
Sirva com as salsichas por cima e decore à volta com os ovos cozidos, cortados em gomos ou às rodelas.
É um prato bem nutritivo e saboroso.


Agora, um pouco de humor... ou... talvez não!...



Trabalhinhos:


Travessão






Almofada: mais uma almofadinha oferecida pela vovó. Esta não era do enxoval dela, esta foi feita mesmo para mim. As outras tinham sido feitas por ela e pela sua mãe, a minha bisavó, que não cheguei a conhecer. Esta é bem mais moderna.



12 comentários:

Sonia Facion disse...

Oi Mena!!!

Bom início de aulas prá ti.

Brigadinha pelos mimos.

Bjks

Sonia

APO (Bem-Trapilho) disse...

Olá Mena!

Olha gostei muito deste teu post. adorei o video "educar é construir pontes". se nao te importas vou levá-lo para o bom feeling, pois tem tudo a ver com o proximo post que quero escrever.

acho que vou experimentar a tua receita de lentilhas. sabes que apesar de muito ouvir falar nunca comi lentilhas e acho que até devo gostar. estas parecem-me muito bem. qualquer dia experimento.

o sketch de humor está fantástico. o problema é que em muitos caso é a pura realidade! :(

os ganchos tb estão girissimos como sempre! :)

e a almofadinha da tua avó é um mimo. a minha mae uma vez fez umas cortininhas com um pato parecido com esse.

e agora deixo-te com uma grande beijoka! fica bem!

caloca disse...

Olá Mena, obrigado por te lembrares de mim. adorei o teu post , desde o "ser professor" como também das manualidades, tudo com muito bom gosto.
jinhos
Armanda

Cor de Mel disse...

Olá Mena,
Imagino o quanto lhe deva custar eliminar pastas, passá-las a pente fino e descobrir maravilhas como as citações que nos apresentou. Deve ser mesmo muito difícil!!!
Gostei muito dos vídeos, em especial do "educar é construir pontes".
Lentilhas, é algo que nunca experimentei, mas as suas têm um óptimo aspecto.
Adorei os ganchinhos e a almofada, já sabe, um "MUST"!!
Beijinhos e bom regresso ás aulas,
Lia.

Chocolate disse...

Olá Mena!
obrigada pelos miminhos, vou colocá-los ainda hoje no meu cantinho. adorei os trabalhinhos, estão lindissimos!
beijinhos e boa 3f!

Nile e Richard disse...

Olá amadinha.Gostei muito do comentário.Me fez dar boas risadas sobre a garagem,também passei por está e foi até divertido.Gostei também que voce tem certos relatos dos alunos muito bonitos.Mas ser professor é tudo de bom sofremos com eles e por eles mas temos pos lados bons.A sua cozinha me deixa de água na boca.Os trabalhinhos como sempre excelentes.Obrigado pelos miminhos.bjtos.Nile.

Nile e Richard disse...

Amiga.Venho pedir a sua colaboração de uma palavra de carinho e conforto para a Penelope.Veja em meu blog.Obrigado.Nile.

artes_romao disse...

Boa tarde,td bem?
k post fantástico, k belos alunos...
simples e sinceros poemas deitaram ca p fora tudo o k lhes ia na alma...
estao lindissimos,parabens a professora tambem.
os trabalhinhos tb estao um encanto...adorei.
fika bem,jinhos***

Bah disse...

Mena,

Essa almofada está uma gracinha! Parabéns pra sua avó!

E essa bonequinha está sempre com itens muito luxuosos!
Bjinhos e tenha uma ótima semana!

=D

Crisfonseca disse...

Olá Mena,
Bela postagem, texto, poesia, culinária, videos, teus trabalhos artesanais, enfim tudo lindo.
òtima voltas as aulas pra ti.
Beijos,
Cris

mfc disse...

Também tenho muita dificuldade em "livrar-me" da tralha que guardo!

PAULA PEREIRA disse...

Olá amiga, como teve a gentileza de mos oferecer, vou levar esses mimos.
Bjs

Paula