quarta-feira, 15 de abril de 2009

A aventura vai começar...

Despedidas atrás dos Bombeiros

Foi no dia 5 de Abril de 2009 que a armada "onofrinha", capitaneada por quatro destemidos professores, partiu em busca do desconhecido. Uma enorme multidão concentrou-se atrás dos Bombeiros para assistir à partida dos onofrinhos.
A emoção é grande, todos sentem uma enorme saudade: aqueles que vão “navegar” por aqueles que ficam e os que estão por aqueles que partem.
As mamãs vieram despedir-se dos filhotes.
"Sem filhos durante uma semana vai ser cá um descanso!"
"Até tenho um sorriso mais rasgado, largo, de orelha a orelha!..."
"É melhor não nos mostrarmos muito animadas com a sua partida..."
"Pois, podem mudar de ideias e ficam! Assim, vão chatear outros!"

Bem, parece que vão estar fora um mês ou coisa que o valha: malas, malinhas, malotes, sacos, saquinhos...

"Não sei se vá ou se fique?"

No local da partida, assistia-se ao alvoroço geral dos últimos preparativos da viagem, estando as "naus" já preparadas e os onofrinhos orando, pedindo a Deus que os mantivesse afastados dos pais uma longa, longa semaninha.
Logo os "capitães" e os seus "marinheiros" passam por entre a multidão para chegar aos "batéis". No caminho, destacam-se as evocações de mães e pais acerca da partida, pairando sobre todos uma sentida tristeza, tornando emotiva a despedida.
Finalmente, embarcam e, por determinação dos capitães, não se fazem as despedidas habituais para evitar o sofrimento.
É de salientar a importância desta viagem para os onofrinhos, pois para além dos conhecimentos que poderiam trazer, simbolizava, acima de tudo, um perigo: partiam à descoberta de novos mundos, novas realidades sem a protecção dos papás e mamãs...

1,2,3... partida...

"Não vamos perder tempo! Tempo é dinheiro, não é o que dizem? Há que aproveitar as horas mortas, que tal um joguinho, uma suecada?"

"Ou eu me engano ou a viagem vai ser longa e cansativa!"


Paragem em Castelo Branco

A armada "onofrinha" chegou a castelo Branco onde desembarcou no intuito de descansar e de se abastecer.



"Ainda bem que parámos, que larica!"

"Não estou a ver bem a coisa: os outros despacham os filhos e eu trago os meus todos atrás... Ah! E agora em vez de tomar conta de três, tenho praí mais uma dúzia para aturar! Que sorte macaca!"

"Olha aí, puto, eu não estou para brincadeira, eu até nem queria vir, fui obrigadoooooo! Portanto, pira-te daqui..."

"Só de pensar que não tenho de aturar os meus cotas durante uma semana até vou crescer uns bons centímetros, lá isso vou."
"Vamos... queres tu dizer!"

"Pelo sim, pelo não, o melhor é não mostrar muito os dentes... É que a procissão ainda vai no adro..."

Depois de restabelecidas as forças, as "naus" partem rumo a novas terras.


O episódio segue dentro de momentos (no próximo post).


Trabalhito:

Porta-chaves


A Mena na cozinha

Pudim Maravilha

(Dia vermelho)

1/2 l de leite
6 ovos
8 folhas de gelatina vermelha
250 g de açúcar

morangos


Para o creme:


1 lata de leite condensado cozido
2 ovos


Derretem-se as folhas de gelatina num pouco de leite quente. Ferve-se o leite restante e deita-se-lhe a gelatina já desfeita.

Batem-se as gemas com o açúcar e junta-se ao preparado anterior. Vai ao lume até ferver. Deixa-se arrefecer um pouco. Batem-se as claras em castelo e junta-se ao creme que se fez ao lume. Deita-se numa forma untada com um pouco de óleo ou azeite e coloca-se no frigorífico. Pode pôr no fundo da forma alguns morangos.





Creme:

Abre-se a lata de leite condensado, deita-se o seu conteúdo numa tigela e mexe-se ligeiramente. À parte batem-se as gemas e juntam-se, depois, ao leite condensado. Por fim, adicionam-se as claras em castelo, envolvendo sem bater.




Desenforma-se o pudim e deita-se o creme por cima.
Enfeita-se com metades de morangos.





















































Aqui fica uma receitinha alusiva ao desafio que a Mary nos lançou... Hoje o Sol culinário pintou-se de vermelho!!!


Miminhos


Selinho oferecido pela
Rebeca e pelo Jota Cê.

Obrigada!




Creatiblogs todos os blogs criativos


16 comentários:

Mary disse...

Be, Mena, ficou lindíssimo! Parece um raio de sol!
Deve ser delicioso, hummm!
O efeito visual está um espectáculo, a tua participação é excelente! hehehe:)

Maria Cusca disse...

Bom, minha linda para começar adorei a tua narrativa, sobre a viagem dos onofrinhos, fico a aguardar o seguimento.
O pudim, bem já jantei e sinceramente
apetecia-me uma coisinha doce...nham nham...nham...
Agora sim, estou satisfeita o pudim está delicioso.
Lindo e bom, basta olhar.
Tenho que experimentar.
O selinho já o levo comigo.
Jinhos amiga, depois volto para acompanhar a viagem...

Brunette disse...

Olá Mena!
Este post está soberbo, delicioso! Temos como prato principal um faustoso relato do início da viagem, acompanhado por um floral porta-chaves e, para sobremesa, um pôr-do-sol radiantemente doce! Mal posso esperar pelo próximo repasto! (Ainda bem que o jejum quaresmal já passou!)
Bjos
P:S:Tens um selinho de Diva à espera no meu blogue.

Chocolate disse...

olá querida :)
tão giro o trabalhinho! e a receita parece de facto deliciosa :)
beijinhos e obrigada pelos miminhos :D

artes_romao disse...

boa noite,td bem?
ta um post engraçado...
a receita parece ser muito interessante.
a peça está um mimo.
agradelo tb o miminho.
fika bem,jinhos***

APO (Bem-Trapilho) disse...

olá amiga! bela aventura essa! :)
adorei o pudim. bemmm... que aspecto! deve estar uma maravilha!
e o porta-chaves está um mimo! lindo!!! mas o que me deixou "agarrada" ao ecrã foi mesmo o Jason Mratz!!! que espectáculo! e eu que não lhe liguei quando ele esteve por cá há pouquissimo tempo. achei que nao valia a pena, gostava de duas ou três músicas e nao conhecia as outras... que arrependida que estou agora. vou já tratar de conhecer o álbum todo!!! e se nao te importas esse I'm yours ao vivo vai já com Guia de Marcha para o Bom Feeling, ok?
e agora já é tarde mas ainda vou espreitar o teu post do einstein.
mil bjos

Eunice Martins disse...

ola amiga Mena que bela viagem essa hãaaaaaaaa espero para ver o que vem a seguir, amiga esse raio de sol parece-me bem delicioso,hummmmmmmm até tenho agua na boca, adorei o chaveiro,o mimo também mais uma vez obrigada por lembrar de mim já o levo,beijos.

caloca disse...

Olá Mena. Tudo lindo e "apetitoso"
por aqui. Admiro muito o apoio e as visitas de estudo e saídas que fazes com os teus alunos, na escola da minha filha mais velha pouco ou nada saem, a coitada diz que lá é só mesmo trabalho...
Bigada pelo selinho, vou já levá-lo
Jinhos e bom resto de semana
Armanda

Yola Marujo disse...

Olá Mena,

gostei do inicio da aventura, estou desejante de ver o resto da historia
fiquei com o selinho

jokas

gasparzinha disse...

Isso é que é uma reportagem e tanto!

E depois coroada com uma bela receita. :)

RUTE disse...

Olá Mena,

este passatempo da Mary está a abrir novos horizontes. Vim conhecer o teu blog.

Gostei dessa coroa de pudim maravilha. Bem bonita e concerteza saborosa.

Também participei. Pássa lá no meu cantinho para espreitares. Beijinhos.

Sonia Facion disse...

Obrigada Mena querida!!!

O pudim além de maravilhos, parece gostoso!!!

Bjks

Sonia

APO (Bem-Trapilho) disse...

Mena! já lá está o vídeo e a historieta! :)
mil obrigadas! :)
bjokas

Eunice Martins disse...

OLA MENA,

Como nos sentimos?
Quem somos?
Porque existimos?
Não sei responder a nenhuma
Apenas sei que vivo cada uma delas.
Em dias procuramos dar significado a vida
Noutros procuramos fugir dela.
Porquê?
Será a vida “má” para nós?
Não, seremos nos que não sabemos vivê-la no dia-a-dia.
Se calhar porque não vemos com olhos de ver,
Talvez a tristeza que nos invade de vez em quando nos imobilize.
Quem somos?
Somos apenas massa
Somos corpos que flutuam
Somos seres com capacidades
Capacidades que não usamos ou usamos erradamente.
Tudo era melhor se pensássemos mais em união e não separação
Espírito de partilha e não de luta por ter mais.
Estaríamos melhor se procurássemos fazer amigos
Não criar inimigos.
Estaríamos melhor……
Se as pessoas tivessem mais disponíveis uns prós outros.
Distancia?..que é isso? Uma medida?
Não me interessa, pois longe esta
Quem ao meu lado se senta e não aproveita esse momento.
Aproveita cada momento que passas com alguém
Não te canses de fazer amigos
Não te canses de partilhar com eles
Não te canses de brincar, não te canses de viver
Mas sobretudo nunca te esqueças deles.
Não importa a distancia. Se souberes que eles estão lá
Que quando tropeçares ele virá em teu auxilio
E estenderá o braço para que nada te aconteça.
DESEJO UM FIM DE SEMANA MARAVILHOSO.
BEIJOS COM CARINHO.

c@prichos d@ Agulh@ disse...

Olá Mena!
Que delicia de pudim!
Vou fazer para a malta cá de casa!
Bom fim de semana
Bjinhos

wilma disse...

Espero que o passeio tenha sido bom...:)
Pela expressão dos participantes, deve ter sido ótimo!
O chaveiro tá lindo.
Bom final de semana. bjoss