sexta-feira, 10 de julho de 2009

A estrela mais gira do céu

Foto da Net

Proposta de leitura

"A Estrela" de Vergílio Ferreira


Era uma vez um menino chamado Pedro que viu, um dia, à meia-noite, uma estrela… Era a estrela mais gira do céu.
Como é que ninguém a tinha roubado? Ele próprio poderia facilmente apanhá-la, era só deitar-lhe a mão. Então, quando achou que os pais estavam a dormir, abriu a janela e saltou para a rua, a janela era baixa. Assim que se viu na rua, desatou a correr até à igreja. A estrela ficava mesmo por cima da torre. Ele entrou na igreja, a porta estava aberta, e começou a subir as escadas… ali cheirava muito mal. Subiu até ao campanário e tinha agora de subir uma escadinha estreita e depois outra de ferro, ao ar livre. Reparou que não chegava ainda à estrela com a mão, portanto teve de subir mais um pouco dobrando e desdobrando as pernas como uma rã. No cimo da torre havia uma bola de pedra com um ferro enterrado e no cimo do ferro estava um galo com os quatro pontos cardeais. Ele empoleirou-se nos ferros cruzados e começou a despregar a estrela a pouco e pouco. A estrela soltou-se, por fim, e ele prendeu-a no cordel das calças. Agora tinha de descer com cuidado, pois se a estrela caísse lá em baixo podia partir-se… Ele desceu devagar, correu para casa e trepou à janela. Quando se foi deitar, ainda esteve algum tempo com a estrela na mão, mas não muito, porque estava cheio de sono. Então, guardou a estrela numa caixa e adormeceu.
No dia seguinte, acordou tarde e a mãe estranhou. A certa altura, Pedro começou aos berros e a mãe veio logo, muito aflita, ver o que ele tinha. Ele estava fora de si e gritava:

- Roubaram-ma! Roubaram-ma!
A mãe pensou que eram restos de sono, não ligou e disse:
- Vê é se tiras o cu do ninho, que já são horas.
Levantou-se da cama e foi para a cozinha, mas não comeu nada, pois estava triste: pois a sua estrela já não era a mesma, era como uma estrela de lata.
Chegou a noite e Pedro foi-se deitar, mas não tinha sono e, de repente, viu vir uma luz muito forte de baixo da cama que se estendia pelo soalho, assustou-se, mas, antes de se assustar muito e berrar, lembrou-se que era a estrela que brilhava tanto como quando a fora apanhar.
No dia seguinte, à noite, um velho, bastante velho, começou a berrar coisas, mas ninguém o percebia, até que o Cigarra, um tipo que tocava viola lhe encostou o ouvido à boca, percebeu-o e começou a gritar:
- Roubaram a Estrela!
As pessoas ficaram a olhar umas para as outras sem nada entender e Pedro foi-se raspando.

Gerou-se então uma discussão: uns, como o Sr. António Governo, uma pessoa muito importante lá na aldeia, consideravam que uma estrela a mais ou a menos no céu pouca diferença fazia, outros, como o velho e o Cigarra, achavam as estrelas importantes, porque enfeitam o céu.

Ao jantar, as conversas iam dar sempre ao mesmo: o roubo da estrela. Pedro fingia que não ouvia, muito encavacado, comendo depressa para ir para a cama. Nem tocava na caixa com medo que os pais descobrissem. E o roubo foi sendo esquecido. Só então ele abriu a caixa e espreitou a estrela.

Certa noite, a mãe lembrou-se de ir verificar se o lume estava bem acondicionado para não pegar fogo nem se apagar e, ao passar pelo quarto do filho, viu um feixe de luz por debaixo da porta, abriu a porta devagar, espreitou e apanhou o Pedro com a estrela na mão. A mãe furiosa foi-se a ele e tirou-lhe a estrela da mão, queimou-se e atirou um grito tão alto que o pai acordou. O pai correu para o quarto do filho e encontrou os dois a chorar. Pedro chorava, mas não sabia porquê. A mãe chorava, porque ficara com a mão toda queimada. O pai mal falou, mas no outro dia toda a freguesia se pronunciou.

Ninguém acreditava que aquilo era a estrela e até pediram uma opinião ao latoeiro. Este confirmou que não era uma estrela de certeza. Então o Governo disse, como um homem sábio que era, que só à meia-noite é que a estrela brilhava. À meia-noite toda a aldeia se reuniu no adro, o Governo chamou o seu filho para pôr a estrela no seu lugar, mas este ao agarrá-la queimou-se, largando-a logo. O pai do Pedro pediu silêncio e disse que o seu filho tinha tirado a estrela, devendo, por isso, ser ele a devolvê-la ao céu. Pedro lá foi. Subiu à torre, ao galo e aos pontos cardeais, tirou a estrela do cinto e colocou-a no seu lugar. Toda a gente soltou um “ah!” e nem reparou que a estrela começou a brilhar muito menos. E ou se assustou com a força do “ah!” ou porque não fincou bem os pés no varão, Pedro escorregou até à bola de pedra, desequilibrou-se e caiu da torre, estampando-se nas pedras do adro. Todos choraram a sua morte.
A estrela ainda lá está e toda a gente a conhece.


Foto da peça de teatro do Filipe La Féria "A Estrela"


A Mena na cozinha

Empadão de frango

1 frango pequeno
batatas
sal
pimenta
4 dl de natas
margarina
azeite
noz-moscada
2 cenouras
1 cebola
salsa picada
queijo ralado


Descasque as batatas e ponha-as a cozer em água com sal. Coza também o frango.

Descasque a cebola e as cenouras, corte a cebola em meias-luas finas e rale as cenouras.
Refogue a cebola com um pouco de azeite, quando estiver a ficar transparente, junte a cenoura e a salsa, mexa, deixe cozinhar durante 5 minutos.

Entretanto, escorra as batatas, depois de cozidas, e reduza-as a puré. Junte-lhe duas colheres de margarina, a noz-moscada e metade das natas. Mexa bem e reserve.

Desfie o frango, adicione-o à cebolada e misture bem. Junte também as restantes natas.

Ligue o forno a 200º . Deite uma parte da mistura do frango no fundo de um pirex untado com azeite, cubra com metade do puré e alise. Por cima, coloque o resto do frango e termine com o restante puré de batata.

Polvilhe com queijo ralado e leve ao forno até ficar bem douradinho.

Sirva acompanhado com salada a gosto.
Bom apetite!


Trabalhinho:


É assim que vai o meu trabalhinho mistério, devagarinho!


Miminhos



Estes selinhos foram-me oferecidos por duas lindas meninas que gosto de visitar, a Sonia Facion e a Sabrith!
Obrigada às duas fofinhas e aqui ficam para quem os quiser levar para os seus cantinhos.






15 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Mena, que saudades desse seu carinho, dos seus memes, da sua luz. Essa peça deve ser maravilhosa, e quando você gosta de alguma coisa, deve ser maravilhoso mesmo. Ei, essa sua comida que é o "grande fio da meada". A primeira coisa que faço quando entro aqui é correr para o prato do dia...ahahaha. Amo suas comidas deliciosas.

Beijo grande, menina linda.

Rebeca

-

Sonia Facion disse...

Mena querida!!!

Estou a levar um dos mimos.

Estou a ficar cada vez mais curiosa com esse trabalho que ninguém consegui descobrir o que será, inclusive quem vos fala.

Estou cá para desejar um lindo findi prá vc.

Bjktas no C2

Sonia

Ana Sofia disse...

Olá tá td bem e por aki?
Vou começar pelo fim: agora parece que ouvir MJ s tormou numa especie de culto... adoro-o ontem, hj e smp e esta música é uma das mais bonitas... amado por uns e odiado por outros, sem dúvida o REI DA POP: 4ever.
O jantarinho tem bom aspecto! tem tem =)
Exe trabalhinho vai indo =) tô a gostar de ver sim!
Beijinho mt grande e bom fim de semana (os selos posto qnd tiver tmp!)
Kiss

arteseriscos disse...

Bom dia,

Vim retribuir a sua visitinha e o seu comentário..

www.arteseriscos.com

Nile e Richard disse...

Oi Nena,bom dia.
A estrela de Virgílo Ferreira é uma história linda.
Seu empadão me parece delicioso,bem diferente do que o que eu costumo fazer.No próximo vou esperimentar a sua receita.
Os trabalhinhos estão muito giros.Quanto ao idolo popmuita gente ainda lamenta a grande perca.
Estou levando um miminho.
Bom fim de semana para voce.
bjtos.Nile.

Mona Lisa disse...

Olá Mena

Adorei recordar o texto.
Almocei! O empadão estava uma delícia.
Quanto ao trabalhinho surpresa...espero ansiosamente pelo desfecho do mistério.
Levei os mimos. Vou colocá-los no vídeo que tenho na barra lateral. Obrigada! És um amor1

Adorei o vídeo de Mickael. Recordamo-lo sempre com saudade!

Bjs e bom fim de semana.

Lisa

Abelha Maia disse...

Amiga esse trabalho vai lindo.
Estou de partida, mas deixei-te um desafio no meu blog sobre férias/filhos,espero que gostes e participes.
Boas férias.
Beijocas e obrigado pela tua "amizade virtual".

olharapus disse...

olá amiga! que belo empadão de frango! devia estar uma maravilha! o trabalhinho está lindo adoro o pormenor do passarinho! beijinhos lindos

artes_romao disse...

boa tarde,td bem?
hummm, k post....
o trabalho está a ficar cada vez, mais fofo.
agradeço os miminhos.
fika bem,jinhos***

Eunice Martins disse...

OLÁ MINHA QUERIDA,ADOREI O TEXTO,MENINA EU ADORO EMPADÃO DE FRANGO,MAS AINDA NÃO CONHECIA ESSA MANEIRA DE FAZER, AGORA QUANDO VOLTAR A FAZER JÁ SEI ONDE COPIAR A RECEITA,MUITO OBRIGADA POR PARTILHAR,QUANTO AO SEU TRABALHINHO ESTÁ MAGNIFICO,QUERO AGRADECER OS SELINHOS,E A MUSICA QUE É LINDA,JÁ LEVO OS MIMOS,BEIJOS.

Estrelinha disse...

O conto é muito lindo, só é pena a morte. E o seu frango eu vou testar. beijo e bom domingo

Maria Cusca disse...

Olá amiga.
Adorei a história de Virgílio Ferreira.
O empadão tem um aspecto delicioso.
E o trabalhinho continua um mistério,
Mas lindo.
Estou ansiosa para ver o final e saber o que é.
Já levo os miminhos.
Jinhos grandes e uma óptima semana

Chocolate disse...

olá! vim desejar boa semana! o trabalho está a ficar bem bonito. beijinhos

ana margarida disse...

Olá,
Lindo conto, é pena o Pedro ter pago com a vida o facto de gostar tanto da estrela, ao ponto de a querer só para si...
Muito interessante o blog.
Bjokas

Eunice Martins disse...

OLA MINHA LINDA AMIGA...

Agradecendo amizade!

Amiga
Eu sou muito feliz porque tenho uma amiga.

Mas não é uma amiga qualquer, essa amiga é especial, pois ela mora em meu coração!

Já pisei muito na bola com ela, e mesmo assim ela continua me amando...
Já pensei em milhões de possibilidades de contribuir o que ela fez por mim, mas ainda não encontrei nenhuma a sua altura!

Você é demais, tudo de bom, uma grande e perfeita amiga.
Sem você minha vida não teria nenhum sentido e meus dias seriam todos vazios, mas eu tenho você e sei que mesmo que não estejamos perto, ela será a melhor possível, pois eu tenho você!

Obrigada amiga!
DESEJO QUE SUA SEMANA SEJA LINDA..
BEIJOS COM CARINHO!!!