sexta-feira, 3 de julho de 2009

O Fim do Cativeiro

Estrada de Tornada


Aqui ficam dois poemas da minha filhota sobre a Primavera e um de uma aluna da minha DT. Estes poemas entraram no concurso da Biblioteca da escola e este "O Fim do Cativeiro" ganhou o primeiro prémio. Eu sei que sou suspeita, mas acho este poema muito bonito. O segundo prémio foi para a terceira composição poética que aqui vos apresento, "A Felicidade", de uma aluna minha (como já referi) do 8.º ano. Leiam que vale a pena ver a criatividade e a sensibilidade dos nossos alunos, quem sabe jovens poetas a despontar.



O fim do cativeiro


A neve já derreteu

A água desce a serra de mansinho

São lágrimas puras, cintilantes

Nas folhas viçosas dos salgueiros.

O rio murmura baixinho

E deixa recados fagueiros

Por onde passa sem pressa:

A Primavera chegou

O vento silenciou

O ar ficou perfumado

E os campos floresceram

Mil borboletas erram

Entre mil flores coloridas

Os pássaros pipilam

E saltitam de ramos em ramo

O sol sorri e enlaça a terra

Num abraço cálido e apaixonado

As gentes cantam felizes

E revolvem o chão

Cheira a terra, cheira a flores

Crescem paixões, brotam amores

A Primavera regressou

Plena de esperança

Abre o teu sorriso à Natureza

Mais uma vez renascida.


Ana Margarida, 9.º A,


Praia das Maçãs - pintura de José Malhoa


A Primavera é…


O despontar de um sorriso

Um brilhozinho no olhar

Um gesto indeciso

Uma palavra amiga

Um abraço apertado.


A Primavera é…

O amor a renascer

Uma flor a germinar

O verde do teu olhar

O perfume do teu odor

O calor da tua mão.


A Primavera é…

Um sonho colorido

A alegria da tua chegada

Corrermos de mão dada

Rirmos sem razão

Conjugarmos o verbo amar.


A Primavera é…

Dar asas à fantasia

E vestir de mil cores

A natureza desnudada

É a beleza a ressurgir.


A Primavera…

És tu, somos nós

Quando estamos a sós…


Ana Margarida, 9.º A, n.º 2



Landal


A Felicidade


- Estou à espera…

Não aguento mais esta ansiedade

Que me assola

Que o meu coração invade.


- Por quem esperas, afinal?

Pela calma, pelo amor,

Pela Primavera, enfim…

Pelo despontar de alguma flor?


- Espero pela felicidade

Sinto-a tão longe e tão perto

Do meu triste pensamento

Latente no meu peito aberto.


- Medos e crueldades me invadem

Que pecado terei cometido?

Que má sorte, que destino

Me tem sempre perseguido?


E naquele silêncio ouvi

Passos no vasto corredor

Toc-toc… batiam à porta

Vacilei, mas não abri

Seria a tristeza, a dor

Que me procuravam aqui?


Toc-toc… de novo batiam

Não respondi. Ai de mim!

Quem seria enfim?


A felicidade esteve ali

E de tanto que esperou…

Fartou-se… e abalou.


Veio com a Primavera

Queria tocar-me, beijar-me

Não lhe abri a porta

Assim partiu descontente

Nem esperou para abraçar-me


Agora caminho sozinha

De tristeza cheia e de dor

Recusei o beijo, o calor

Da Primavera que vinha

Trazer a felicidade minha.


Daniela, 8.º A


Trabalhinho


prato rectangular (torteira)


Miminhos

Um selinho muito amoroso oferecido pela minha querida Mona Lisa ! Passem pelo seu lindo espacinho!

Este foi-me oferecido por duas lindas meninas que gosto de visitar, a Sonia Facion e a Sabrith
Obrigada a todas e aqui ficam para quem os quiser levar para os seus cantinhos.


A Mena na cozinha


Boleima de maçã da Mena


750g de massa de pão
300g de farinha de trigo para polvilhar
2dl de azeite
400g de açúcar louro
canela em pó
miolo de nozes
passas
4 maçãs reinetas

Massa de pão:
3dl de água
1 colher de café de sal
500g de farinha de trigo integral
25g de fermento de padeiro

Ponha estes ingredientes pela ordem apresentada na máquina do pão, no programa de amassar e levedar.

Amasse muito bem a massa de pão com o azeite e com metade do açúcar, polvilhando com farinha para não pegar. Estenda metade da massa com cerca de 2cm de espessura e coloque-a no fundo dum tabuleiro, untado com azeite, de modo a ficar todo o fundo do tabuleiro coberto e com um pouco de massa levantado nas bordas.

Sobre a massa, espalhe açúcar misturado com canela em pó, nozes e passas.

Depois, disponha as maçãs descascadas e cortadas em meias-luas finas como mostra a imagem.

Por cima das maçãs, polvilhe de novo com açúcar e canela, nozes e passas.

Estenda a outra metade da massa e cubra o preparado das maçãs, unindo bem em volta.

Polvilhe com o restante açúcar e canela.
Com uma faca, divida somente a camada superior da massa, sem atingir o recheio. Deixe de novo levedar, cerca de uma hora.
Leve ao forno a cozer durante 45 minutos em forno quente (verifique a cozedura com um palito).

Retire o bolo do forno, deixe arrefecer e corte aos quadradinhos.

Faça um chá e delicie-se!


Assim... com as cores da terra fértil, acabada de arar e pronta para semear, aqui fica a minha resposta em castanho ao desafio da Mary!


SE VOCÊ FOSSE UMA MÚSICA DOS U2, QUAL SERIA?








20 comentários:

olharapus disse...

olá mena! peço desculpa por não te vir visitar há mais tempo...mas não me esqueci de ti! tens sempre coisas lindas...só agora tive oportunidade de te visitar, o Joãozinho já adormeceu há 10 minutos e então dei uma escapadela! como sempre maravilheime com as tuas coisinhas e delícias na cozinha! és excepcional! beijinhos e bom fim de semana!

Maria Cusca disse...

Os poemas estão lindos.
Ao ler estes poemas sinto alegria e fé renovada na nossa juventude.
O teu trabalho está magnifico.
Já levo o miminho comigo.
E agora tenho de ir, tenho o chá ao lume, para me deliciar com uma fatia de boleima de maçã, que está com um aspecto divinal.
Jinhos grandes

artes_romao disse...

boa tarde,td bem?
k belos poemas, temos talento por esses lados,heheh.
parabens.
adorei tudo.
fika bem,jinhos***

Mary disse...

Minha querida Mena, só posso vir buscar e comentar o teu trabalho a partir da meia-noite, mas dou-te já os parabéns por teres fugido ao chocolate! Eu também consegui! hehehe:)
E não dês importância às visitas...da minha parte, tenho visitado muito menos os blogs amigos e de que gosto, pois ando numa luta desenfreada contra o tempo...mas volta e meia dou um arzinho da minha graça! Beijókas***

Dulce disse...

Olá Mena,
Pois adorei os poemas e a nossa juventude tem muito para dar e muita criatividade e sensibilidade. Parabéns pelos poemas e às Profªs também, é sinal que são boas no seu ensino. O trabalhinho também gostei, a cozinha, sem comentários e os U2 são uns dos meus grupos favoritos que já tive o privilégio de os ver ao vivo.
Bom fim de semana.
beijinhos
Dulce:)

Brunette disse...

Olá Mena!
Adorei os poemas. Parabéns à filhota que já revela uma veia artística (sai à mãe, não é?).
A boleima tem um aspecto mesmo delicioso e o prato combina com a época estival.
Bjos e bom fim-de-semana

Abelha Maia disse...

Mena, adorei os poemas, o trabalho está lindo.
Antecipastes a tua participação magnifica, fugiste ao chocolate, eu tb...hehe, ficou uma maravilha.
Obrigado pelo mimo.
bbjsssssss

Susi R disse...

Óptima sugestão a Boleima.
Parabéns.
Susana

Susi R disse...

Óptima sugestão a Boleima.
Parabéns.
Susana

Mona Lisa disse...

Olá Mena

Obrigada pelas tuas visitas constantes.
Ontem vi o teu post, mas não tive tempo de comentar.
Claro que podes levar o texto.
Gosto muito das crónicas dele. Escreve com muito humor.

Os poemas são lindos.

O da tua filhota está divinal.
Dá-lhe os meus parabéns!

Daria um belo post alusivo à Primavera.

Já lanchei!

Bjs.

Lisa

Mary disse...

Agora sim, posso comentar, já estamos no brown day! :)
Mena, a tua boleima faz-me lembrar uma lasanha de maçã!
Agrada-me o facto da massar ir á MFP, poupamos tempo e evita-se a sujidade!
Depois os ingredientes são um must...maçã com passas, nozes e canela é bom demais! Esse quadradinho às camadas está de salivar! Mais uma que levo...
Temos pasteleira! hehehe:)

belinhagulosinha disse...

perefeita a tua boleima,adorei amiga,jinhoss

Sabores de Aromas disse...

Olá, Mena!
Que poemas lindos,Parbéns á tua filhota, tem muito jeito e a outra aluna claro também:) o trabalho está lindo.

E esse bolinho está um must.
acho que me estou a convercer a comprar uma mfp :) vejo tantas receitas deliciosas e não tenho,ohhh...:)

bjs Mena
bom Domingo

Sabores de Aromas disse...

Olá, Mena!
Que poemas lindos,Parbéns á tua filhota, tem muito jeito e a outra aluna claro também:) o trabalho está lindo.

E esse bolinho está um must.
acho que me estou a convercer a comprar uma mfp :) vejo tantas receitas deliciosas e não tenho,ohhh...:)

bjs Mena
bom Domingo

Chocolate disse...

olá! vim desejar-te bom domingo. adorei o trabalhinho. beijinhos!

Ana Sofia disse...

A tua filha já revela um veia artistica! tem imenso talento... assim como a outra menina tb! estão de parabéns. Gostei dos U2 (adoro-os) e exa tua sobremesa... ai ai só d olhar já dá para engordar, lol
Beijinho

Ana Rodrigues disse...

Olá!
Eu ñ digo?
Está tudo uma delicia!
Os poemas... lindos!
Os U2... bem gostosos! (adoro as músicas deles...)
A Boleima... um prazer p/ saborear!
E a Torteira... muitissimo bonita!
Bjs e bom Domingo

STA disse...

adoro tudo que leva maçã... e essa boleima piscou-me o olho...
Acho que vou ter que a fazer em breve...
Bjs

Sonia Facion disse...

Humm.. quero um pedaço dessa boleima!!!!

Parabéns prá sua aluna e prá sua fuilhota.

Já estou levando os selinhos, tanks!!!!

Bjktas e boa semaninha.

Sonia

Eunice Martins disse...

Amiga(o),

Estamos distantes e ao mesmo tempo tão perto...
A amizade que nos une pode vencer todas as distâncias.
Ela sim é mais forte que o tempo. Ela sim poderia atravessar
a imensidão do espaço e transcender os limites da vida.
Sim... Como ela é forte, pois essa amizade nada nem ninguém
destruirá. Que perdure enquanto nossas almas existirem...
Que nem a distância, nem o tempo e nem mesmo
os nossos erros, terminem a nossa amizade.
Nada é mais valioso do que ela.
DESEJO QUE SUA SEMANA SEJA MUITO PRODUTIVA,
COM MUITA SAÚDE PAZ E AMOR.
BEIJOS COM CARINHO.