quarta-feira, 22 de julho de 2009

Os poetas e as estrelas





Ainda a propósito de estrelas, aqui ficam os poemas que analisei este ano com os meus alunos na sequência do estudo do conto de Vergílio Ferreira "A Estrela".


O mais lindo poema sobre estrelas

«“Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto...

E conversamos toda a noite, enquanto
A via láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora: "Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?"

E eu vos direi: "Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas.”


Olavo Bilac




MADRIGAL A UMA ESTRELA

De histórias de estrelas
Ninguém quer saber.
Não conto, não conto…
Quem é que te quer,

História da estrela
Que fica por cima
Da minha janela?
Tão bela, tão bela!

Comigo te guardo
Na vida e na morte.
Será um segredo…
Será uma estrela

Que eu leve a meu lado
Na vida que leve…
Escura que seja
– que vida tão clara!

Que noite tão branca
A noite que eu durma
(debaixo da terra)
Debaixo da estrela!

Não conto. Não digo.
Comigo te guardo.
Assim tu, ó estrela,
Me guardes contigo…

Sebastião da Gama



O SONHO

Foi um sonho que eu tive:
Era uma grande estrela de papel,
Um cordel
E um menino de bibe.

O menino tinha lançado a estrela
Com ar de quem semeia uma ilusão
E a estrela ia subindo azul e amarela,
Presa pelo cordel à sua mão.

Mas tão alto subiu
Que deixou de ser estrela de papel
E o menino, ao vê-la assim, sorriu
E cortou-lhe o cordel.

Miguel Torga



Eu vejo do meu quarto de dormir

Uma estrelinha
Miudinha
A luzir...
Mas se o sol é tão grande
E tanto brilha
A estrelinha
Miudinha
É certamente sua filha.
E enquanto o Pai Sol
Enorme
Dorme,
Ela vai passear
Todas as noites...
Quando o Pai Sol acordar,
A estrelinha
Miudinha
............
Vai-se logo deitar.

Sidónio Muralha


Miminhos

Estes miminhos foram-me oferecidos pela Sonia Facion e pela Ana. Aqui ficam, levem-nos!


A Mena na cozinha

Carne à Brás com soja

400 g de carne picada
1 chávena de soja granulada
1 cebola
1 dente de alho
3 colheres de sopa de concentrado de tomate
1 dl de vinho branco
6 ovos
500 g de batata palha
azeite
sal
pimenta
noz moscada


Ponha a soja de molho. Faça um refogado com o azeite, a cebola e o alho picados. Junte a carne picada e deixe cozinhar. Quando estiver meia cozida, adicione a soja bem escorrida e deixe apurar um pouco.

Deite as colheres de concentrado de tomate, o vinho branco e deixe cozer.

Entretanto bata os ovos e reserve.
Junte ao preparado as batatas pallha, envolva bem e deite os ovos batidos, mexendo sempre.

Tempere com sal, pimenta e noz moscada.

Sirva com salada.
Bom apetite!


Trabalhito:

Saco reciclado: este saquinho, que eu forrei com tecido, levou, até à aniversariante, a gargantilha que vos apresentei na sessão anterior.




15 comentários:

Maria Cusca disse...

Olá amiga.
E continuando com as estrelas...
Adorei todos os poemas, com um destaque especial para Miguel Torga e Sebastião da Gama.
Eu não aprecio soja, mas este prato tem muito bom aspecto.
O saco ficou lindo.
Desta vez também tenho um miminho para ti.
Passa no meu blog Mimos e Desafios
Jinhos e continuação de boa semana

Sonia Facion disse...

Oi Mena!!!!

Já estou de volta.

Poesia é bálsamo para a alma, gosto muito.

Bjks

Sonia

Mona Lisa disse...

Olá Mena

Adorei os poemas.
O meu preferido é o de Olavo Bilac.
Tb gostei muito do de Manuel Bandeira.

Hoje só provei, pois já tinha jantado, mas como sempre uma delícia.

Os teus trabalhinhos estão um mimo.

Vai ao meu blog e leva um selinho que tenho lá.Está por baixo do que me ofereceste.
Gostava que aceitasses.

Bjs.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Mena,

Amei o selinho de luz, acabei de postar no blog de selos. Era postando e cantando com o Toquinho a música Aquarela.

Você é um amor, menina.

Noite de luz!

Rebeca


-

Ana Sofia disse...

Olá Amiga td bem?
Tô a passar assim depressa só para te desejar um óptimo dia! A carninha tem óptimo aspecto =) o saquinho ficou lindissimo para variar, os poemas são muito bonitos =)
Beijinho grande*

olharapus disse...

olá mena! lindo o poema do Miguel torga...confesso que inspirou-me para uma ilustração!
ainda não provei carne à Brás, deve ser muito bom também!
adoro o colar e a ideia de reciclar os saquinhos está excelente!

arteseriscos disse...

Bom dia,

Muito obrigada pelo carinho..
Volte sempre que quiser em meu blog..

www.arteseriscos.com

Noah disse...

Olá Mena, Bom Dia!
Obrigada pela visita e pelo carinho, vou levar o anjo que me ofereceste.
Um grande abraço e inté +

artes_romao disse...

boa tarde,td bem?
hummm...
belíssimas novidades, como já nos habituaste.
o saco ficou um verdadeiro mimo,parabéns.
fika bem,jinhos***

Chocolate disse...

olá querida! vim desejar-te bom fim de semana. adorei os trabalhinhos!! beijinhos

Abelha Maia disse...

Muito obrigado pelo carinho, adorei os poemas, tb os li no meu tempo.
obrigado pelo selinho.
bjsss

Abelha Maia disse...

Desculpa, fiquei a meio..lol
Os trabalhos lindos, adoro esse colar.
A refeição com a soja muito bem engendrada.
bjsss

Habiba disse...

Ficou lindo...

Beijinhos e bom fim de semana

Ângela

Daniela, menina dos sonhos. disse...

Oh, Patti!! ^^

Que saudades, mais do que muitas, mais do que bastantes!
Aqui já não passavam os meus olhos à muito tempo...
Peço desculpa pela ausência, mas uma carrada de ocorrências veio-me ocupar tempo e mais tempo: desde o meu trabalho de voluntariado que fiz na quinzena passada, até aos exames de equivalência... GOD. +.+
Mas cá voltei, cheia de energia, muita alegria e vontade de poder tornar a visitar os vossos cantinhos.
O meu está diferente... tive de lhe criar uma nova "casa", devido a problemas técnicos chatos e horrorosos, mas pronto.
O que interessa é o regresso!
E por isso mesmo, se por acaso tiveres por aí o meu endereço, tens de o mudar, caso contrário nunca acertas na "porta" certa.

Beijos,
Daniela Tavares. *.*

PS: Tens um miminho no meu cantinho. :D

Eunice Martins♥ disse...

Olá minha querida amiga!!!

Eu contente, eu diferente, eu triste, mas sempre sorridente...
Eu, uma menina assim...com amigos especiais, amigos de horas, amigos de anos...
Amigos que estão longe mas estão do meu lado, todos diferentes... mas do seu jeito...
Jeito largado, jeito meigo, jeito diferente mas todos amigos.
Amigo é quem anima, quem ajuda... que está ao meu lado...
mas amigo de verdade...
ai, ai, amigo faz chorar, faz sofrer, faz brigar...
Quem são meus amigos? Todos são amigos... uns falam a verdade...
outros a mentira, mas sempre têm algo a dizer...
Na verdade amigo e aquele que está ao meu lado, é sincero
e sempre tem um jeito de me alegrar!
DESEJO UM BOM FIM DE SEMANA.
BEIJOS COM CARINHO.