domingo, 31 de janeiro de 2010

Corações aos molhos

Os meninos e as meninas do 1.º ciclo têm andado a desenhar e a pintar corações. Serão escolhidos os melhores para decorar a Biblioteca, por alturas do São Valentim.

Temos corações às riscas, às bolinhas, aos quadradinhos, com trancinhas, com largos sorrisos, a dormir...
Depois mostro-vos como decorámos a Biblioteca com os muitos corações da pequenada.



Análise de "A Luavezinha"


Semântica lexical - recorrência


O General Infanciado



O General Orolando Resoluto era um homem congélido, capaz de frigorificar o mais pequeno sentimento. Desses que lambem a carta para colar o selo. Seu único amor: a pátria. Sua exclusiva paixão: a guerra. A família ele a vivia com espírito de dever, encargo biológico, contrato social. Por obrigação lhe nasceu o filho, sua primeira e única descendência. O menino veio a luz e o general Resoluto, impassível, espreitou o berço, mais inspector que parente:

-Hum!

E mais nada, senão essa interjeição seca. Rectilíneo, o general não despenteou nervo. A mulher Rosanita sorriu: estaria o marido apenas invisivelmente comovido? A esposa havia sido formada em credo e cruz, um terço da vida no terço. Mal saída da catequese ela catecasou-se. Rosanita sabia que os homens se comportam, neste mundo, como estrangeiros. A machice é arrogância dos que têm medo, mais excluídos que emigrantes. Só as mulheres são indígenas da vida. Paciente, a esposa ainda negociou com ele um riso:

-Então, senhor pai?

Mia Couto


Os elementos de um texto estão ligados entre si, isto é, estabelecem relações com o discurso anterior, o discurso subsequente e a situação de comunicação através de mecanismos, fundamentalmente, linguísticos a que se dá o nome de mecanismos de coesão. Um desses mecanismos é a recorrência. Através da recorrência retomam-se determinadas palavras, frases e sequências de um texto. Isto pode ser feito através da repetição do nome, através da inclusão de palavras relacionadas semanticamente, como os sinónimos, antónimos, hiperónimos e hipónimos ou através da substituição por nomes, pronomes, determinantes, advérbios entre outros. Desta forma, estabelecem-se cadeias de referência entre os vários elementos de um texto. O antecedente e os termos que a este se referem, os termos anafóricos (General Orolando Resoluto, homem, Seu, Sua, ele, lhe, general Resoluto, general) que por isso não têm referência autónoma.

No seguinte excerto de "A luavezinha" existem, como podes ver, indícios da recorrência da palavra sublinhada (avezita). Esta recorrência pode ser feita através de nomes, pronomes ou determinantes.


Era uma avezita que sonhava em seu poleirinho. Olhava o luar e fazia subir fantasias pelo céu. Seu sonho se imensidava:
- Hei-de pousar lá, na lua.
Os outros lhe chamavam à térrea realidade. Mas o passarinho devaneava, insistonto: vou subir lá, mais acima que os firmamentos. Seus colegas de galho se riram: aquilo não passava de menineira. Todos sabiam: não havia voo que bastasse para vencer aquela distância. Mas o passarinho sonhador não se compadecia. Ele queria luarar-se. Pelo que o tudo ficava nada.

A classe morfológica dos termos anafóricos que se referem ao antecedente "avezinha":

Seu, Seus - Determinante possessivo

Lhe - Pronome pessoal oblíquo

Passarinho – Nome

Ele - Pronome pessoal recto




A Mena na cozinha

Entrecosto grelhado no forno

tiras de entrecosto
sal
massa de pimentão
mostarda com sementes
dentes de alho
piripiri

Amasse os dentes de alho com sal num almofariz. Junte o resto dos ingredientes e misture para formar uma massa homogénea. Barre as tiras de entrecosto com essa massa e leve ao forno a grelhar.

Sirva com puré de batata e salada.

Bom apetite!


Meninas, esta página pertence à revista Passo a Passo com Paula Mendes e os trabalhinhos que aqui estão publicados são meus.



Trabalhinho:

Um marcador para o Guilherme


Não deixes de ver isto!

6 comentários:

Sonia Facion disse...

Oi Mena!!!

Parabéns!!!

É muito bom ver os nosso trabalhos publicados, dando a oportunidade para que outros conheceçam váias tipos de arte.

Bjks e boa semana.

Sonia

Maria Cusca disse...

Olá amiga.
Desculpa a minha ausência, mas estive sem computador e sem net.
Já fui ver o anuncio do teu filho e está giríssimo.
Dá-lhe os meus parabéns.
Parabéns também para ti, gostei de ver os teus trabalhos que saíram na revista.
Jinhos e boa semana

Mona Lisa disse...

Olá Mena

Batem sempre as saudades, quando vejo os trabalhinhos dos mais pequenos.
Ainda cheguei a horas de almoçar.
Hummmm...uma delícia!

Bjs.

Lisa

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Menaaaaaaaaaaaaaaaaa,

Que comida é essa, pelo amor de Deus... aff! Fiquei com água na boca, isso não se faz!

=]

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca


-

APO (Bem-Trapilho) disse...

oi amiga! lindos os desenhos. bela ideia para pôr os miudos a puxar pela imaginação.
e muitos parabens pela publicação! os teus trabalhos sao lindos por isso merecem sem dúvida nenhuma o destaque.
mil bjos querida!

Zeza disse...

Olá Mena, que coisas tão boas fazes hummhumm... Também amei as Bijuterias, são lindissimas.
Não sei se já viu, mas somos parceiras na troca de pascoa do blog da ana bijustars.
Vou adicioná-la ao meu msn para trocar-mos dados e assim...
Beijinhos
Zeza
msn: filipeprelude@hotmail.com
blog: www.zezartes.blogspot.com