sexta-feira, 28 de outubro de 2011

A Mena na cozinha

Espirais à bolonhesa

250 g de massa (espirais)
250 g de carne picada
1 cebola
1 dente de alho
3 dl de água
1 dl de vinho branco
azeite
sal
pimenta
orégãos

Descasque e pique a cebola e o alho miudinhos.
Introduza na sua MasterChef todos os ingredientes e misture bem.
Seleccione a função Chef, com a tampa fechada, para 15 minutos e carregue na tecla Início.

3 comentários:

A Verdade disse...

MAIS DE 10 MIL LEITORES EM 01 SEMANA!!
O livro mais polêmico e revelador dos últimos tempos!
= O POMO DE OURO =
Sinopse: Henrique foi instruído nos mistérios da Maçonaria desde criança e tornou-se um bom Mestre Maçom. Entretanto, por ocasião dos atentados ao World Trade Center, no dia 11 de setembro de 2001, Henrique descobriu coisas tão perturbadoras que fizeram ele se afastar da Maçonaria e isolar-se do mundo, até que sua amiga Eva Cristina foi procurá-lo para ajudá-la a decifrar um código que o pai dela havia deixado numa carta antes de falecer em suas explorações arqueológicas. A partir daí, Henrique se vê obrigado a usar de seus conhecimentos secretos da Maçonaria para ajudar Eva a encontrar e devolver a quem de direito um objeto do qual depende o futuro da humanidade: o pomo de ouro.

Com uma narrativa dinâmica e envolvente para uma trama repleta de mistério, aventura e reviravoltas, o leitor é apresentado a uma série de contradições envolvendo os atentados de 11 de setembro, se torna conhecedor das mentiras da Igreja Católica e dos mais finos mistérios da Maçonaria, além de ficar a par da interpretação contundente de um conjunto de profecias que parece estar se concretizando a todo o momento em nosso tempo.

Realidade? Ficção? O Pomo de Ouro é a leitura mais intrigante, polêmica e misteriosa dos últimos tempos. Um livro único e imperdível!

LEIA 07 CAPÍTULOS DO LIVRO GRATUITAMENTE NO BLOG:
http://opomodeouro1.blogspot.com/

mfc disse...

Uso e abuso dos teus jantares!!
Desculpa lá o atreevimento... mas fazes tudo com tão bom aspecto que não é fácil resistir!

Beijinhos, Mena.

Mena disse...

Há sempre um lugar para ti à minha mesa!