quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Na Sexta à noite vai ser assim...



Iguarias do Tempo apresenta Concerto Inovador

Tem lugar no próximo dia 27 de Janeiro, sexta-feira, na sala de eventos da Quinta das Silveiras um Concerto de Taças Tibetanas e Gongos. O concerto tem início pelas 21h00, contando com a actuação de Nuno Cunha, um reconhecido e experiente especialista na matéria. O custo de participação é de 15€ por pessoa. A reserva de lugar deve ser efectuada para o endereço de e-mail comercial@iguariasdotempo.pt ou pelo telefone 244802761. Cada participante deve fazer-se acompanhar de colchão / saco cama e manta.


Sabe-se que as Taças Tibetanas são usadas há milénios em rituais secretos nas comunidades xamanistas, mas os registos da sua utilidade espiritual são praticamente nulos e/ou especulativos. Os médicos tibetanos usam-nas para diagnósticos, os monges utilizam-nas em cerimónias de oferendas e meditação e os xamãs em rituais em todo o Tibete. Embora no Oriente a sua utilização tenha sido, ao longo dos tempos, praticamente secreta, a verdade é que o Ocidente tem vindo a reconhecer nestes objectos ancestrais, e na sua sonoridade, excelentes instrumentos de meditação, de relaxamento e de reequilíbrio energético a nível físico, mental e emocional, não sendo um mero instrumento musical.

As Taças de Som Tibetanas são produzidas manualmente com uma liga de diversos metais (chegam a ser 14, nos quais se inclui a platina, o ouro, a prata, o cobre, o ferro, bismute …) e conseguem fazer vibrar cinco tons em simultâneo, mantendo a sonoridade durante vários minutos, o que as torna num instrumento musical único.

O concerto inclui também meditação com Gongos, nomeadamente Gongo Tam Tam; Gongo Feng; Gongo Tibetano.

A meditação com Gongos é uma experiência poderosa de Som e Energia. Os sons produzidos pelos gongos levam os participantes neste tipo de eventos a um estado de transe que ajuda a clarificar os padrões energéticos do subconsciente profundo, conduzindo-os a altos níveis de consciência.

São objetivos do concerto:

Proporcionar um estado de profundo relaxamento, ao libertarem-se todas as tensões do corpo;

promover uma massagem terapêutica vibracional a todas as células do organismo;

acalmar o turbilhão da mente;

obter um equilíbrio energético a nível físico, mental e emocional e alcançar Paz e Harmonia interior.



Depois vos contarei a minha experiência!


4 comentários:

mfc disse...

Ahhh.... sua malandreca!!
Olha que eu ia se me tivesses dito com tempo!
Tenho mesmo um compromisso... e sacos cama não me faltam, que cá o "je" é campista desde os vinte e poucos anitos!!
Beijinhos e diverte-te muito.

Mel de Carvalho disse...

É uma experiência única, Mena, a das taças tibetanas. E, face a ela, é-nos dada a percepção do quão ínfimos somos à face do Universo. E quanto ainda, dos sons e de tudo o resto, não sabemos.

Gratidão pelos seus textos, pela partilha.

Abraço
Mel

Mena disse...

Pois é, mfc, teria sido giro encontrarmo-nos!

Bj

Mena disse...

Mel, é mesmo como dizes!

Bj